Sem categoria

Fazendários ameaçam deflagrar greve no Amazonas

Segundo Barbosa (à dir), fazendários podem fazer greve - foto: divulgação

Segundo Barbosa (à dir), fazendários podem fazer greve – foto: divulgação

Após realizarem uma manifestação nessa quarta-feira (7), em frente à sede do governo, técnicos e assistentes da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz-AM) devem ter uma reunião com o governador José Melo no próximo dia 9 para discutir sobre o fim da correção salarial mensal e alterações em suas atribuições.

Segundo o presidente do Sindicato dos Fazendários do Amazonas (Sifam), Ruy Barbosa, a categoria está em estado de greve e pede um diálogo com o governo.

Ele ressaltou que se não forem recebidos na data definida pela Casa Civil, os fazendários podem deflagrar greve. “Não queremos tomar decisão antes da reunião com ele”, disse.

Segundo a Sefaz-AM, o fim da correção salarial mensal e automática dos servidores é uma recomendação do Tribunal de Contas do Estado (TCE), que declara inconstitucional o artigo 27, da Lei 2.750/2002, sobre Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração que reajusta os vencimentos dos servidores conforme a arrecadação do Estado.

O chefe do Executivo enviou, no mês passado, uma mensagem à Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), que modifica o sistema de ganho da categoria. Desta forma, os fazendários ficam com os vencimentos congelados e passam a ter a atualização salarial em 1º de setembro de cada ano.

Por Cecília Siqueira

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quis autem vel eum iure reprehenderit qui in ea voluptate velit esse quam nihil molestiae consequatur, vel illum qui dolorem?

Temporibus autem quibusdam et aut officiis debitis aut rerum necessitatibus saepe eveniet.

Copyright © 2016 EM TEMPO Online. Todos Os Direitos Reservados.

Subir