Esportes

Fast, Sul América e Tarumã garantem vaga na semifinal do Campeonato Amazonense Juvenil

Garotada do Tarumã comemora gol que garantiu classificação ao mata-mata do Estadual - foto: Anderson Silva/Sejel

Garotada do Tarumã comemora gol, que garantiu classificação ao mata-mata do Estadual – foto: Anderson Silva/Sejel

Três das equipes que sonham com o título do Campeonato Amazonense de futebol juvenil garantiram o passaporte para semifinal. Pela nona e última rodada da primeira fase, disputada na noite desta quarta-feira (28), Fast, Sul América e Tarumã somaram pontos e estão classificados ao ‘mata-mata’.

A semifinal será disputada na sexta-feira (30), no estádio da Colina, na Zona Oeste. Galo e Rolo Compressor jogarão pelo empate. Fast e Sul América abrem a rodada dupla às 15h e Rio Negro e Tarumã fazem a pósliminar às 17h.

Confrontos do meio de semana

Jogando no estádio Carlos Zamith, o Nacional que iniciou a rodada na quarta posição com 11 pontos acabou sendo derrotado por 2 a 1 pelo Tarumã e deu adeus ao certame. A derrota para o ‘Lobo’, que saiu da sétima posição para o quarto lugar, contou com a ajuda do Rio Negro, que venceu o Manaus – adversário direto pela última vaga. Com os mesmos 11 pontos que o Leão da Vila, o ‘Lobo’ avançou de fase por conta do primeiro item de desempate; o confronto direto.

“Pude ajudar com um gol e com um pênalti. É muito trabalho, treinamos de segunda a sexta e graças a Deus conseguimos virar o jogo e conquistar a classificação”, disse o atacante do Tarumã, Abraão, que marcou o primeiro gol e sofreu o pênalti da classificação.

Valendo vaga no mata-mata, Fast duelou contra o Holanda no estádio Carlos Zamith - foto: Anderson Silva/Sejel

Valendo vaga no mata-mata, Fast duelou contra o Holanda no estádio Carlos Zamith – foto: Anderson Silva/Sejel

Laranja espremida

A garotada do Fast fez jus ao apelido do clube de ‘Rolo Compressor’. E mais que passar por cima, o Tricolor ‘espremeu’ a ‘Laranja’, apelido dado ao Holanda, por 5 a 0, no Carlos Zamith. A fragilidade do adversário, que ficou com a última posição, ajudou no placar elástico. O Tricolor fechou a primeira fase na segunda colocação com 16 pontos.

“Foi um jogo tranquilo. Um primeiro tempo morno e depois fiz uma troca no time e conseguimos fazer o gol. Nosso time está em evolução e agora enfrentamos o Sul América que é um adversário forte. Vamos brigar para chegar à final”, afirmou o treinador do Fast, David Filho.

‘Trem’ empata no ‘Galo Preto’

O primeiro tradicional clássico ‘Galo Preto’ juvenil disputado na Arena da Amazônia terminou empatado. Vivendo momentos distintos na competição, Sul América e São Raimundo terminaram igualados por 2 a 2. O São Raimundo apenas cumpria tabela e o Sul América carimbou a vaga a próxima fase.

“Jogo equilibrado, clássico! Saímos na frente, o São Raimundo empatou e agora temos um outro clássico com o Fast. Eles jogam pelo empate, mas estamos invictos e temos que melhorar principalmente a nossa finalização”, explicou o treinador do Sul América, Marcelo Galvão.

Já classificado, o Rio Negro fez o dever de casa – classificado e vendo os rivais buscarem uma vaga no G4, o Rio Negro manteve a invencibilidade ao vencer o Manaus por 2 a 1, no estádio da Colina.

Com informações de assessoria

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir