Esportes

Fast ainda sonha com mata-mata da Série D

O Fast Clube é o único clube de Manaus na Série D do Brasileiro 2017 – foto: Janailton Falcão

Com poucas chances de classificação para próxima fase do Campeonato Brasileiro da Série D, o Fast Clube, com seis pontos, além de vencer o Baré-RR por uma boa diferença de gols, vai ficar na torcida para o São Raimundo-PA, líder e classificado com 10 pontos, passar pelo Gurupi-TO, na outra partida do grupo A2. O jogo decisivo do Tricolor de Aço na competição, será neste domingo (25), às 17h, na Arena da Amazônia.

Na última rodada da primeira fase do Brasileirão, a missão do Fast é praticamente impossível. Dos 17 grupos da competição, passam apenas 15 equipes melhores colocados na segunda posição. O problema, é que tem times em outros grupos com pontuação acima do Fast, como por exemplo o Jacobina-BA, Globo-RN, River-PI, URT-MG, Luziânia-GO.

Na partida anterior, o Fast teve a chance de ficar numa situação melhor para decidir a vaga na última rodada em Manaus, mas depois de estar vencendo o São Raimundo-PA, acabou cedendo o empate em 1 a 1.

Ciente da situação crítica de conseguir a vaga na próxima fase da competição, o treinador Donmarques Mendonça, acredita no potencial do elenco para conquistar a vitória em casa e sonhar com a classificação. Ele afirmou que o fato de o Tricolor não depender dos próprios esforços é um problema a mais, mas o time estará focado.

“Sabemos que é difícil, mas não é impossível, porque no futebol existe de tudo. Nós temos seis pontos, mas com diferença de dois pontos para o segundo colocado, que é o Gurupi-TO. O São Raimundo ganhando ou empatando, nós temos chances reais, basta fazer o dever de casa, que é ganhar o jogo. Primeiro temos que pensar em vencer, depois nós resultados lá fora”, alertou o técnico, lembrando que o Baré vai para o duelo motivado.

De acordo com Donmarques, jogar e ao mesmo tempo ficar ligado nas outras partidas, não vai atrapalhar o desempenho do elenco em campo, pois foi trabalhado na semana todos os aspectos para que nada venha a interferir.

Paulo Rogério
EM TEMPO

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Subir