Dia a dia

Família é presa por tráfico de drogas, na Zona Leste

Edeilza Soares Brasil,  Manuel Tenório Pereira Filho e Eliomara Brasil da Silva foram flagrados preparando e embalando as drogas na cozinha da casa - foto: Conceição Melquíades

Edeilza Soares Brasil, Manuel Tenório Pereira Filho e Eliomara Brasil da Silva, foram flagrados preparando e embalando as drogas na cozinha da casa – foto: Conceição Melquíades

Quatro membros de uma mesma família foram surpreendidos pela polícia por volta de 18h desta terça-feira (23), suspeitos de comercializar drogas na rua Monte Serrat, bairro Zumbi dos Palmares, Zona Leste.

A ação aconteceu após denúncia anônima, quando foram presos Edeilza Soares Brasil, 33,  Manuel Tenório Pereira Filho, 26, e  Eliomara Brasil da Silva, 19, além de um adolescente de 17 anos apreendido. Eles foram flagrados preparando e embalando as drogas na cozinha da casa.

De acordo com o delegado Adriano Félix, titular do 25º Distrito Integrado de Políca,  quando a polícia chegou à residência da família Brasil, o adolescente estava na porta da casa,  atento à movimentação. Ao entrar no local, a polícia flagrou Edeilza com os demais membros da família embalando os entorpecentes na cozinha. A mulher misturava o produto em uma bacia.

Surpresos com a abordagem, acabaram mostrando outros entorpecentes que estavam enterrados no quintal: uma pedra de cocaína, quatro porções de pasta-base e  11 trouxinhas. Também foram apreendidos três aparelhos celulares,  duas balanças de precisão e uma quantia de R $ 900 em espécie.

Segundo o delegado Adriano Félix, o buraco no quintal da casa tinha mais de um metro de profundidade, o que dificulta  inclusive, que os cachorros encontrem,  devido à embalagem reforçada com vários sacos plásticos.
Por volta das 16h, foi preso na rua G, bairro Armando Mendes, Zona Leste, Ismael Castro Bezerra, 28, que também tem ligação com o bando e realizava a vendas dos produtos fornecidos pela família.

Todos serão enquadrados nos crimes de tráfico e associação ao tráfico, além de corrupção de menor. Eles serão encaminhados à cadeia pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, no Centro, onde ficarão à disposição da Justiça.

Já o menor ficará na delegacia Especializada em Apuração de Atos Infracionais (Deaai).

Por Conceição Melquiades ( EM TEMPO Online)

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Subir