Dia a dia

Falso dentista é flagrado atendendo pacientes no bairro Zumbi

 Diego afirmou ser irmão de um cirurgião-dentista registrado no CRO-AM e que era acadêmico. - foto - divulgação CRO-AM

Diego afirmou ser irmão de um cirurgião-dentista registrado no CRO-AM e que era acadêmico. – foto – divulgação CRO-AM

A fiscalização do Conselho Regional de Odontologia do Amazonas (CRO-AM) flagrou na tarde desta quinta-feira (7), um jovem atuando como falso dentista no bairro Zumbi, zona Leste. O exercício ilegal foi descoberto durante fiscalização de rotina na rua Dra. Didia.

De acordo com os fiscais, o consultório onde Diego Batalha foi flagrado estava com uma placa irregular, mostrando o antes e depois de pacientes, o que chamou atenção da fiscalização.

Ao entrar no local, foi constatado que o mesmo estava com um paciente na cadeira para atendimento, além de mais duas pessoas esperando.  Diego afirmou ser irmão de um cirurgião-dentista registrado no CRO-AM e que era acadêmico.

De acordo com o presidente do conselho, João Franco, o cirurgião-dentista citado será chamado para prestar esclarecimentos, já que o consultório estava sendo anunciado como sendo dele. “Vamos verificar se o mesmo sabia da prática irregular que foi constatada”, destacou o presidente.

Diego foi encaminhado com apoio de policiais militares da 25ª Companhia Interativa Comunitária (25ªCicom), que acompanharam a fiscalização do CRO. O mesmo estava sendo ouvindo no final da tarde pelo delegado titular da área.

O presidente João Franco destaca que no ano passado, o conselho registrou oito casos de exercício ilegal. Ele destacou a importância do paciente certificar se o profissional procurado é registrado no conselho e que a fiscalização vem sendo reforçada como forma de inibir as práticas ilegais que colocam em risco a saúde do paciente.

João Franco também enfatizou a importância da participação de todos em denunciar os casos. “Quando conseguimos identificar um caso, estamos evitando que centenas de pessoas sejam atendidas por uma pessoa sem formação em odontologia, estas, estão, com certeza correndo risco de problemas de saúde e contaminação por doenças”, disse o presidente do CRO-AM.

A sede do CRO fica na Rua Silva Ramos, nº 71, no Centro de Manaus. As denúncias podem também ser feitas pelo 0800 284 1380, Whatsapp 99618-8148 e pelo telefone 3131-2200.

Com informações da assessoria

1 Comment

1 Comment

  1. Alex

    7 de janeiro de 2016 at 21:54

    Isso eh a coisa mais normal de acontecer aqui em Manaus….Mais fiscalização por favor!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir