Esportes

Faixa Liberada movimenta a população em todas as zonas da cidade

Foi a terceira vez que os moradores do Viver Melhor participaram da Faixa Liberada no conjunto - foto: divulgação

Foi a terceira vez que os moradores do Viver Melhor participaram da Faixa Liberada no conjunto – foto: divulgação

Moradores de todas as zonas da cidade aproveitaram o fim de semana marcando mais uma vez presença no projeto Faixa Liberada, com atividades para crianças, jovens e adultos. O maior público foi no conjunto Viver Melhor, na Torquato Tapajós, 1,4 mil pessoas. No São José, Jorge Teixeira e Cachoeirinha a movimentação também foi grande. 

Foi a terceira vez que os moradores do Viver Melhor participaram da Faixa Liberada no conjunto. O projeto reuniu na sexta-feira 1,4 mil pessoas, em atividades de dança e ginástica aeróbica. Cadeirantes jogaram basquete e as crianças entraram diversas vezes na fila para brincar no pula-pula.

Na Cachoeirinha, Zona Sul, o projeto ocorre aos sábado. No último, cerca de 250 pessoas participaram da programação, divididas entre a aeróbica, basquete de rua, cama elástica, treino funcional, futebol de travinha, dentre outras oferecidas à comunidade da área e bairros próximos.

Ricardo Mar, 36, técnico de informática, levou a filha Maria Júlia, 5, para se divertir na Faixa. “Moro aqui há mais de dez anos e nunca vi um projeto como esse reunir tantas pessoas. Vim aqui graças ao convite de uma vizinha, que me alertou sobre o projeto. Fico feliz de ver que a prefeitura tem ampliado cada vez mais seu contato com a população através deste tipo de projeto e a partir de hoje este é o novo point de lazer meu e da minha filha”, destacou.

O casal André Ricardo, 36, e Ana Clara, 28, foi um dos mais ativos durante as atividades. Eles participaram de um treino funcional. “Cuidar do corpo é algo fundamental para a nossa saúde e nem todos têm esse privilégio devido ao preço. Nesse projeto podemos ver que a população só tem a se beneficiar com várias atividades físicas de forma gratuita. Esta iniciativa é muito bem-vinda aqui no nosso bairro e espero que seja ampliada para cada vez mais pessoas”, disse André.

A dona de casa Cláudia Santos, 38, trouxe as duas filhas, Juliana, 7, e Mariana, 8, para brincar e se divertirem no local enquanto ela participava da dança aeróbica. “Como trabalho toda a semana, é essencial me divertir aos fins de semana para tirar o estresse. Tenho frequentado a Faixa desde que iniciou aqui e só tenho que elogiar esta iniciativa, que beneficia a mim e a minhas filhas com momentos de lazer e diversão”, comentou Cláudia.

São José

No domingo de manhã, 19, o endereço do Projeto Faixa Liberada foi na Rua J, bairro São José 3, zona Leste de Manaus, onde as atividades são realizadas no local no horário de 8h até às 12h.

Participando pela primeira vez do projeto, Luan Ferreira, 11, estudante do 6° ano do ensino fundamental brincou de basquete com outros colegas na rua. “Estou vindo aqui pela primeira vez, moro no bairro Nova Conquista. Gostei muito, vou pedir aos meus pais para vir mais vezes”, contou o garoto empolgado.

Morador do bairro há 20 anos, o supervisor de hotelaria, Samuel Soares, 37, parabenizou a iniciativa da Prefeitura de Manaus em levar o esporte para a comunidade. “Foi importante trazer a Faixa Liberada para cá, movimenta a rua, traz a criançada para brincar em segurança e afasta problemas com a criminalidade na nossa região”.

No bairro, os moradores já se movimentam pedindo a prorrogação do horário da Faixa Liberada. O agente do Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans), Alcides Araújo, afirmou que a reivindicação dos moradores de fechar a rua por um tempo maior será levada ao presidente do órgão para atender a população. “Estamos aqui para cumprir ordens, mas esse pedido será levado até a direção e se aprovado, iremos atender”, disse.

De acordo com o secretário da Semjel, Sildomar Abtibol, o tema será discutido em conjunto com o presidente da Manaustrans, Paulo Henrique, para que o pedido da população seja atendido. “Vamos estudar o tema com nossos servidores e também com o Manaustrans para vermos se há a possibilidade de fechar a rua por mais tempo e manter a Faixa Liberada até às 18h”, informou Abtibol.

Itaúba

No domingo, a partir das 17hs, a Faixa Liberada acontece no Bairro Jorge Teixeira, na Avenida Itaúba. Além de brinquedos como o pula-pula, que reúne dezenas de crianças, a ginástica aeróbica, da mesma forma, atrai dezenas de mulheres. Depois de duas horas dançando e fazendo exercícios, a dona de casa Zayda Adriele ainda esbanjava entusiasmo. “A gente emagrece, melhora a autoestima e relaxa”, disse, informando que consegue dormir bem a noite inteira quando pratica a atividade.

A dona de casa Margareth Tavares, 50, é outra que não perde um dia da ginástica e agora com a Faixa Liberada, nem aos domingos deixa de treinar. “É um projeto ótimo”, disse. Dayane Veiga, 27, completou. “Não tem coisa melhor para a gente sorrir”, garantiu.

Com informações da assessoria de comunicação

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir