Cultura

Exposição mostra vida doméstica em obras que mesclam fotografia e pintura

A mostra Kitinete apresenta cerca de 20 obras inéditas da artista visual Patrizia D’Angello - foto: divulgação/Ateliê da Imagem

A mostra Kitinete apresenta cerca de 20 obras inéditas da artista visual Patrizia D’Angello – foto: divulgação/Ateliê da Imagem

Espaço cultural dedicado exclusivamente à arte fotográfica, o Ateliê da Imagem, no Rio de Janeiro, inaugurou sua primeira exposição de 2016. A mostra Kitinete apresenta cerca de 20 obras inéditas da artista visual Patrizia D’Angello, que desde 2008 vem trabalhando no cruzamento da fotografia com cinco gêneros da pintura: retrato, autorretrato, natureza morta, paisagem e nu.

Aspectos da rotina da vida doméstica e familiar estão registrados nas imagens captadas pela artista. Armazenadas em arquivos digitais ou impressas e guardadas em caixas, elas ficam disponíveis para o momento em que Patrizia D’Angello decida transformá-las em obras de arte.

Para o curador da mostra, Marco Antonio Teobaldo, “a intenção da artista está presente em cada pincelada sobre a tela ou o papel, sem se intimidar com as escalas de seus trabalhos, que podem ser pequenos ou generosamente ampliados. Imagens de alimentos à mesa se apresentam de forma voluptuosa e, em alguns casos, com forte apelo erótico”.

Formada em Artes Cênicas pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (Uni-Rio), Patrizia D’Angello cursou a Escola de Artes Visuais (EAV), no Parque Lage. Já fez exposições individuais no Rio e em outras cidades.

A mostra Kitinete fica em cartaz até 8 de abril e pode ser vista de segunda a sexta-feira, das 10h às 21h e aos sábados, das 10h às 17h, com entrada franca. O Ateliê da Imagem Espaço Cultural fica na Avenida Pasteur, 453, na Urca, zona sul do Rio.

Por Agencia Brasil

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir