Mundo

Explosões em funeral no Afeganistão deixam vários mortos

                  O atentado foi considerado um dos piores da história recente do país – Impala News/Lusa

Uma série de explosões em Cabul, capital do Afeganistão, deixou várias pessoas mortas neste sábado (3) no funeral de uma das vítimas dos confrontos entre policiais e manifestantes ocorrido um dia antes, continuando uma onda de violência que começou na quarta-feira.

Segundo autoridades afegãs, ao menos seis pessoas morreram no ataque. Duas testemunhas que estavam no funeral disseram que as explosões deixaram 12 vítimas. TVs do Afeganistão, por sua vez, falam em 18 mortos. Wahid Mujro, porta-voz do Ministério da Saúde Pública, disse que 87 pessoas também foram feridas

O chefe-executivo do governo, Abdullah Abdullah, estava no funeral, mas ficou ileso. Vários altos funcionários da segurança foram feridos.

Nenhuma facção reivindicou a autoria do ataque até o momento. O Talebã, que muitas vezes realizou ataques com bombas no passado, negou qualquer papel no incidente e culpou milícias rivais, disse o porta-voz do grupo, Zabihullah Mujahid.

As explosões ocorreram no funeral de Mohammad Salim Izadyar, filho do vice-presidente do Senado. Ele morreu depois de ser gravemente ferido em confrontos durante o protesto de sexta-feira.

Manifestantes foram às ruas de Cabul, capital do Afeganistão para pedir a renúncia do presidente Mohammad Ashraf Ghani após um atentado que deixou ao menos 90 mortos na quarta.

O atentado, um dos piores da história recente do país, gerou questionamentos sobre a capacidade do governo de garantir a segurança da população.

FolhaPress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Subir