Mundo

Explosão de carta-bomba na sede do FMI em Paris deixa um ferido

A polícia alemã disse que o pacote continha uma mistura de explosivos que poderia provocar ferimentos graves em quem o abrisse – Reprodução

Uma pessoa ficou levemente ferida ao abrir nesta quinta-feira (16) um pacote bomba na sede do Fundo Monetário Internacional, em Paris, na França. O fato aconteceu no prédio que o FMI compartilha com o Banco Mundial, localizado no distrito XVI da capital francesa.

A explosão ocorreu um dia depois de ter sido encontrado um pacote explosivo no escritório do ministro das Finanças da Alemanha, Wolfgang Schauble, en Berlim, cuja autoria foi reivindicada por um grupo extremista grego.

A polícia alemã disse que o pacote continha uma mistura de explosivos que poderia provocar ferimentos graves em quem o abrisse. Investigadores afirmaram que essas substâncias são usadas na fabricação de artefatos de pirotecnia.

O Ministério do Interior da Grécia informou que a embalagem tinha um selo grego e um remetente falso – um deputado do partido conservador Nova Democracia. A Grécia investiga como foi possível a embalagem passar pelos serviços de segurança e sair do país.

O envio do pacote explosivo contra Wolfgang Schauble foi reivindicado pela organização extremista Conspiração de Núcleos de Fogo, que praticou, desde a sua criação, em 2008, dezenas de atentados com bomba na Grécia.

A Alemanha e o FMI são credores da Grécia, país que foi obrigado a aplicar duros ajustes desde 2010 em troca de vários resgates financeiros.

Agência Télam

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Subir