Mundo

Explosão de bomba deixa cinco feridos em estação de metrô de Istambul

Pelo menos cinco pessoas ficaram feridas nesta terça-feira (1º) na explosão de uma bomba de fabricação caseira perto da estação de metrô de Bayrampasa, no lado europeu de Istambul, na Turquia.


Segundo o administrador regional de Bayrampasa, a bomba foi instalada no viaduto de uma rodovia ao lado da estação de metrô. Inicialmente, as autoridades haviam afirmado que a explosão havia ocorrido em um transformador.

Os estilhaços da explosão atingiram o trem e diversos passageiros. Devido à detonação da bomba, a rede metroviária de Istambul foi paralisada por volta das 17h30 locais (13h30 de Brasília, no início do horário de rush noturno.

O governo ainda não tem informações sobre quem seriam os autores deste ataque, que também não foi reivindicado por nenhuma entidade estrangeira ou local.

Nos últimos meses, a Turquia sofreu ataques reivindicados pela milícia radical Estado Islâmico, mas também pelo Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK) e por grupos de extrema esquerda contrários ao presidente Recep Tayyip Erdogan.

Em 10 de outubro, pelo menos 103 pessoas morreram na explosão de uma bomba durante um protesto de partidos da oposição na capital Ancara pedindo paz no país. O governo turco atribuiu o atentado ao Estado Islâmico.

A explosão em Ancara ocorreu três meses depois de um atentado contra ativistas curdos matar 32 pessoas e ferir centenas em Suruç, na fronteira síria.

A explosão atingiu um evento destinado a arrecadar fundos para a reconstrução de Kobani, cidade síria de maioria curda que é alvo do Estado Islâmico desde o ano passado. A milícia radical reivindicou o atentado.

Devido a este primeiro atentado, a Turquia se aliou com os Estados Unidos na coalizão contra o Estado Islâmico, ao mesmo tempo em que passou a fazer ataques contra membros do PKK.

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir