Dia a dia

Executado em Manacapuru suspeito de ser o ‘gerente’ do tráfico no município

Um homem identificado como Lindon Jahnse dos Santos Matos, 40, foi executado por arma de fogo na noite desta quarta-feira (9), no município de Manacapuru (a 68 quilômetros de Manaus), por volta de 19h. Ele seria o ‘gerente’ do tráfico na localidade.

Conforme a polícia, dois homens encapuzados, em uma motocicleta, abordaram a vítima no momento em que organizava um torneio de futebol, na rua Solimões, no bairro Correnteza.

O garupa, que na ocasião vestia uma camisa do Corinthians, sacou e efetuou dois disparos. A arma, porém, travou e a vítima correu por alguns metros. O executor disparou novamente por duas vezes e um dos tiros acertou o peito de Lindon, que morreu na hora.

O delegado titular da Delegacia Interativa de Polícia (DIP), Antônio Rodrigues da Silva, informou que a vítima já havia sido presa por porte ilegal de arma de fogo, de uso restrito da polícia, e associação e tráfico de drogas.

“A vítima era conhecido no município como gerente do tráfico e tinha contato direto com traficantes do Rio de Janeiro. Em uma ocasião, quando Lindon Jahnse foi preso, foram encontradas várias armas, inclusive metralhadora e munições em seu sítio”, relatou o delegado acrescentando que o crime já está sendo investigado.

Por Conceição Melquíades

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir