Sem categoria

Ex-presidiário é morto após trocar tiros com a polícia, na Zona Oeste

O ex-presidiário foi morto com quatro tiros - foto: Josemar Antunes

O ex-presidiário foi morto com quatro tiros – foto: Josemar Antunes

O ex-presidiário Marcos Paulo Articlino Mota, o ‘Presença’, 22, foi morto com quatro tiros na noite desta sexta-feira (11), por volta das 19h30, após atirar contra policiais militares da 21° Companhia Interativa Comunitária (Cicom). O crime ocorreu na rua Santa Rita, bairro Santo Agostinho, Zona Oeste de Manaus.

De acordo com a polícia, a viatura foi acionada pelo Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops), com informações de que três homens estavam em um veículo de modelo Fox, cor preta, placa NOX-6700, com restrição de roubo,  realizando arrastões na área da Compensa, também Zona Oeste.

Os policiais militares avistaram o veículo na avenida Cirilo Neves e ordenaram que o trio parasse. Os ocupantes iniciaram fuga até a rua Santa Rita (sem saída) e, quando a polícia  se aproximou do veículo, os suspeitos atiraram contra a viatura. Os policias também atiraram e Marcos Paulo foi atingido com quatro tiros: um na cabeça, um na perna direita, um no abdômen e um no peito. Ele morreu no local. Os dois suspeitos conseguiram fugir.

Ainda conforme a polícia, Marcos Paulo havia recebido o induto de Natal, onde cumpria pena por latrocínio na Unidade Prisional do Puraquequara (UPP)  e estava em liberdade há uma semana. Ele morava no bairro da Betânia, Zona Sul.

O corpo foi removido pelo Instituto Médico Legal (IML). O veículo foi levado ao 19° Distrito Integrado de Polícia (DIP), onde o caso foi registrado. A Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) vai investigar o crime.

Por Josemar Antunes

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir