Sem categoria

Ex-presidiário é executado a tiros, no São José

Homicidio_Sao-Jose_foto_Josemar-Antunes

O ex-presidiário Bruno Ferreira de Lima, o ‘Maresia’, também conhecido como ‘Preto’, 24, foi executado a tiros na noite de segunda-feira (12). O crime aconteceu por volta das 19h, na rua Castanho, bairro São José 1, Zona Leste de Manaus.

Segundo informações da estudante Kamila Silva, 16, dois homens não identificados, em uma motocicleta Honda/CG 125, cor vermelha, placa desconhecida, abordaram a vítima quando caminhava na via pública.

“Os dois caras se aproximaram da vítima, e em seguida, o garupa efetuou pelo menos seis disparos. Depois fugiram em alta velocidade pelas ruas do bairro”, disse.

Uma das vítimas de ‘Maresia’, Bruno dos Santos Tavares, 19, informou que há quatro meses foi esfaqueado.

“Após eu me negar a fumar maconha e consumir cocaína, ele ficou com raiva e resolveu me matar. Eu estava em frente da minha casa, quando fui surpreendido pelo ‘Maresia’, com uma facada na minha barriga. Graças à Deus não morri, e hoje estou aliviado por terem tirado ele de circulação”, contou.

Conforme populares, a vítima era temida na área e tinha envolvimento com tráfico de drogas, tentativa de homicídios e homicídios. Há três meses tinha deixado a cadeia pública por suspeita de assassinato.

O pai da vítima, Raimundo Ferreira de Lima, 53, confirmou o envolvimento do filho com tráfico de drogas, mas disse desconhecer que o filho estivesse recebendo ameaças.

“Ele estava em casa e depois se despediu. Após alguns minutos recebi a notícia que havia sido morto”, relatou o pai da vítima.

Conforme o perito criminal, a vítima foi alvejada com quatro tiros, sedo dois nas costas, um no pescoço e outro no tórax.

Para a polícia, o crime com características de execução pode ter relação a dívidas com o tráfico de drogas, uma vez que a vítima era envolvida.

O corpo da vítima foi removido pelo Instituto Médico Legal (IML). O caso será investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

Por Josemar Antunes

 

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir