Sem categoria

Ex-funcionário de banco, em Manaus, é preso após aplicar golpe de R$ 654 mil

Carlos Jonathan é acusado de aplicar golpe de mais de R$ 650 mil em Agência Bancária - foto: Divulgação/Polícia Civil

Carlos Jonathan é acusado de aplicar golpe de mais de R$ 650 mil em Agência Bancária – foto: Divulgação/Polícia Civil

O ex-funcionário de uma agência bancária, Carlos Jonathan Munhoz, 29, foi preso na tarde da última sexta-feira (6), por volta de 11h da manhã, por Policiais do 24º Distrito Integrado de Polícia (DIP), em via pública na avenida Ferreira Pena, localizada no Centro de Manaus. Ele estava com um mandato de prisão em aberto por suspeita de aplicar um golpe de R$ 654 mil no banco Bradesco.

Segundo o titular do 24º DIP, Aldeney Góes, desde 2014, o acusado realizava uma série de transações, o qual gerenciava um Posto de Atendimento Bancário (PAB), localizado na avenida Torquato Tapajós, onde abria conta em nome de clientes de São Paulo, dando sequência a empréstimos, transferências e a outras transações.

“Por conta do prejuízo, a agência realizou uma auditoria interna. Eles solicitaram à polícia que investigasse a situação em torno do gerente de banco. A auditoria durou três meses, mas os furtos ocorreram de 2014 até 2015”, disse.

Para não deixar pistas do crime, Carlos Munhoz fazia transferências para contas em nome de familiares, além de fazer saques aleatórios. “No total, ele realizou sete transferências no valor de R$ 15 mil. Quando o dono da conta descobriu a fraude, em seguida, abriu um comunicado ao banco, alegando que não tinha criado conta nenhuma e nem tinha autorizado empréstimo. Após isso, a denúncia partiu para polícia que iniciou as investigações em janeiro deste ano”, informou o delegado. A polícia ainda investiga se há participação de outras pessoas no crime.

Carlos Munhoz foi indiciado pelo crime de furto continuado e abuso de confiança. Ele deve ser encaminhado para a Cadeia Pública Raimundo Vidal Pessoa, no Centro, ainda nesta segunda-feira (9).

 

Por Lindivan Vilaça

Com informações de Thais Gama/do AGORA

 

 

 

 

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir