Dia a dia

Funcionária do João Lúcio é presa por facilitar entrada de bandidos no HPS; suspeitos seguem foragidos

A auxiliar de serviços gerais, Dayane Fernandes de Lima, foi presa, por volta das 22h40, desta sexta-feira (2), após confessar aos policiais da Ronda Ostensiva Cândido Mariano (Rocam) que facilitou a entrada de dois homens, ainda não identificados, no Hospital e Pronto-Socorro (HPS) João Lúcio, localizado na Zona Leste de Manaus.

De acordo com informações do condutor da viatura da Rocam, Everton da Silva, ao delegado plantonista do 9º Distrito Integrado de Polícia (DIP), Rodrigo de Sá, a guarnição estava fazendo patrulhamento na avenida Grande Circular quando soube da tentativa de roubo no João Lúcio e se dirigiu para o local.

“Quando chegamos, constatamos que a dupla tinha evacuado, mas que não tiveram êxito no roubo porque não conseguiram localizar a sala onde o pagamento estava sendo realizado e os funcionários se trancaram”, disse Everton à autoridade policial em depoimento.

Ele também disse que, por meio das imagens gravadas pelas câmeras do circuito interno, os funcionários puderam reconhecer Dayane, que também informaram onde a auxiliar de serviços gerais mora – no Amazonino Mendes, bairro localizado na mesma zona do HPS.

A equipe da Rocam deslocou a viatura para a casa de Dayane que confessou o crime, que após ser detida, foi encaminhada ao 9º DIP. Lá, ela confessou o envolvimento na ação criminosa e disse não saber o nome dos dois homens foragidos.

Em depoimento a Rodrigo Sá, Dayane disse que os dois homens foram indicações de um ex-paciente do hospital, identificado apenas por Alex, que conheceu enquanto atuava na limpeza do HPS.

“Dayane informou o dia e a hora que a empresa BDA Serviços de Limpeza faria o pagamento aos funcionários e assegurou que facilitaria a entrada da dupla no hospital por ter livre acesso à área de funcionários”, informa o Boletim de Ocorrência (B.O) registrado no 9º DIP.

De acordo com informações da PC, Dayane foi solta por não ter sido flagranteada. Os outros dois infratores seguem sendo procurados pela polícia.

Por equipe EM TEMPO online

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir