Dia a dia

Ex-detento mata esposa com 12 facadas, em Parintins

erielda-cidade-de-azevedo-divulg

A vítima foi à Parintins para tentar recuperar a guarda dos filhos – foto: Roberto Carlos

A doméstica Erielda Azevedo, 32, foi assassinada com 12 facadas pelo esposo, o ex-detento, Erivaldo Pereira Carneiro, 32, conhecido como ‘Filho’. O crime aconteceu na casa onde o casal residiu, localizada na rua 5, do bairro Itaúna, Zona Sul de Parintins, nesta quarta-feira (28).

Segundo o legista, Jorge de Paula, os golpes de faca perfuraram os pulmões da vítima. “Esses golpes provocaram um quadro de hemotórax”, informou o médico.

Erielda ainda chegou com vida no Hospital Padre Colombo, onde foi submetida a uma cirurgia. Porém, a mulher não resistiu e faleceu por volta das 14h na unidade hospitalar.

Logo após desferir as doze facadas na companheira, Erivaldo tentou suicídio, perfurando, com a mesma faca, o próprio peito.

Quando a polícia chegou ao local do crime, Erielda já tinha sido removida para o hospital e o acusado estava caído no chão, sangrando. Erivaldo segue internado no Hospital Regional Jofre Cohem, sem risco de morte. Ainda de acordo com a polícia, o acusado será ouvido pelo delegado Reinaldo Figueira quando receber alta hospitalar e será encaminhado à Unidade Prisional de Parintins.

O corpo de Erielda foi velado na casa da irmã, Elem Azevedo, 30, no bairro União. Ela contou que o casal brigava motivado por ciúme.
“Eles já estavam separados, ela já estava residindo em Manaus e veio a Parintins na tentativa de levar os filhos, porém, o conselho tutelar havia dado a guarda das crianças para o pai. Nós estranhamos muito essa decisão porque ele é um homem violento, já foi preso várias vezes e a minha irmã que era uma pessoa trabalhadora”, disse Elem.

Nos últimos onze meses esse é o segundo caso de homicídio praticado contra mulheres em Parintins cujos autores foram os próprios companheiros.

Por Tadeu de Souza

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir