Sem categoria

Ex-detento é morto no Alvorada, uma semana após sair da cadeia

A rua precisou ser interditada pelo Instituto de Engenharia e Fiscalização do Transito (Manaustrans) porque o corpo estava no meio da rua - foto: Joandres Xavier

A rua precisou ser interditada pelo Instituto de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans) devido corpo ter ficado no meio da via – foto: Joandres Xavier

O ex-detento William Ramos Cidade, 23, foi morto com quatro tiros enquanto caminhava pela rua 5 do bairro Alvorada 1, zona Centro-Oeste, por volta das 19h30 de ontem (6). A Polícia Militar informou que William havia saído há uma semana da cadeia e queria mudar de vida.

Segundo informações do tenente Welton Michel da 10º Companhia Interativa Comunitária (Cicom) os autores do crime foram dois homens em uma moto, que não foram identificados. “Ele estava no semiaberto e segundo informações da sua própria esposa estava solto há uma semana. Ele revelou a família que queria mudar de vida, só que o seu passado não o deixou em paz. Dois elementos o abordaram e chamaram pelo nome, quando ele olhou disparam quatro vezes, “detalhou a polícia

Os familiares disseram ainda que William antes de ser preso morava no bairro Nova Cidade. Após sair da cadeia havia se mudado para o bairro Alvorada. William havia sido condenado por tráfico de drogas e assalto a mão armada. A polícia suspeita que o crime seja um possível acerto de contas. “Quando trata-se de um condenado, principalmente por tráfico, a primeira suspeita que se tem é de que a motivação tenha sido acerto de contas”, disse o tenente.

A Delegacia de Homicídios foi acionada para realizar as primeiras diligências no local. O Instituto Médico legal (IML) fez a remoção do corpo. A rua precisou ser interditada pelo Instituto de Engenharia e Fiscalização do Transito (Manaustrans) porque o corpo estava no meio da rua.

Por Joandres Xavier

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir