Mundo

Evo Morales realiza teste de DNA em polêmica sobre filho, diz jornal

Desde o início do ano, os bolivianos acompanham notícias sobre o presidente Morales e sua ex-namorada, detida em fevereiro, em meio a acusações de lavagem de dinheiro, enriquecimento ilícito e tráfico de influência - foto: divulgação

Desde o início do ano, os bolivianos acompanham notícias sobre o presidente Morales e sua ex-namorada, detida em fevereiro, em meio a acusações de lavagem de dinheiro, enriquecimento ilícito e tráfico de influência – foto: divulgação

Por decisão judicial, o presidente da Bolívia, Evo Morales, compareceu, nesta segunda-feira (25), a um instituto em La Paz para realizar um teste de paternidade, informou o jornal “El Deber”.

A ex-namorada de Morales Gabriela Zapata também esteve no instituto, mas não realizou o teste, disse a defesa da mulher ao jornal local.

Desde o início do ano, os bolivianos acompanham notícias sobre o presidente Morales e sua ex-namorada, detida em fevereiro, em meio a acusações de lavagem de dinheiro, enriquecimento ilícito e tráfico de influência.

Zapata era gerente comercial de uma empresa chinesa com contratos milionários com o governo boliviano.

A oposição no país acusa Morales de ter beneficiado a mulher -o que ele nega.

Em meio ao escândalo político, Morales e Zapata ainda discutem sobre a existência de um filho dos dois.

Segundo o jornal “La Razón”, Zapata disse já ter apresentado à Justiça o menino, que teria nascido em 2007.

Morales, que dizia acreditar que o menino tinha morrido, pediu para conhecer o garoto após uma tia de Zapata ter dito que ele estava vivo.

Em março, o ministro da Defesa do país, Reymi Ferreira, afirmou que Morales havia buscado a Justiça para exigir que Zapata apresentasse a criança em cinco dias, mas que eles acreditavam que o menino não estava vivo.

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir