Esportes

Eurico Miranda diz ser o único responsável por queda do Vasco

 foto: Fernando Dantas/Gazeta Press

foto: Fernando Dantas/Gazeta Press

O presidente do Vasco, Eurico Miranda, disse ser o único responsável pelo rebaixamento do Vasco no Campeonato Brasileiro. Em entrevista coletiva nesta segunda-feira (7), o dirigente também criticou a gestão de Roberto Dinamite, que comandou o clube de 2001 a 2008.

“O único e exclusivo responsável pelo rebaixamento sou eu. Esperava não ter que passar por isso. É uma mancha irreparável no meu currículo de 50 anos de clube. Eu esperava não ter de passar por essa situação. Encontrei o Vasco em um quadro que a gente pode classificar de terra arrasada. Achei que era uma situação difícil, mas foi muito mais difícil”, declarou.

Após o empate em 0 a 0 no domingo, a equipe carioca chegou aos 41 pontos e encerrou a sua campanha na 18ª colocação da classificação. Os outros rebaixados foram Avaí, Goiás e Joinville.

Esta é a terceira vez que o Vasco caiu para a Série B da competição nacional. Nas outras duas vezes em que foi rebaixado, o Vasco também fracassou na rodada final -perdeu para o Vitória, por 2 a 0, em 2008; e para o Atlético-PR, por 5 a 1, em 2013.

Sobre o ex-presidente, Roberto Dinamite, Eurico criticou a situação em que recebeu o clube.

“Esse cidadão Roberto Dinamite passou sete anos no Vasco e não recolheu um centavo de imposto, um centavo de Fundo de Garantia, e me deixou com três meses de atraso de salário. Jogadores e quadro funcional”, apontou. “Se isso tivesse resolvido os nossos problemas, para ser possível focar no investimento do futebol, tudo bem. Mas começamos a ter inúmeras surpresas. Vou citar um: água. Tive que parcelar R$ 10 milhões”, concluiu.

 

Por Folhapress

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir