País

Estupros aumentam 10% e homicídios caem ao menor patamar

Os dados são da Secretaria de Segurança Pública de São Paulo (SSP) – Reprodução/YouTube

Na capital paulista, o número de estupros aumentou 10,16% no acumulado do ano de 2016 (de janeiro a dezembro), na comparação com o ano anterior, passando de 2.087 para 2.299, ou seja, 212 casos a mais.

Em dezembro de 2016, em relação ao mesmo mês de 2015, a alta foi de 16,88%, com um acréscimo de 27 registros. Os dados são da Secretaria de Segurança Pública de São Paulo (SSP). Por outro lado, o número de homicídios, tanto no estado quanto na capital, caíram para o menor patamar da série histórica, desde 2001.

Considerando todo o estado de São Paulo, os registros de estrupro também aumentaram em 2017. O total de casos subiu 6,72% em comparação ao ano anterior, passando de 9.265 para 9.888, com 623 ocorrências a mais. No último mês do ano, a alta foi de 10,10% em relação a dezembro de 2015, passando de 723 para 796 casos.

Latrocínio

As ocorrências de latrocínio (roubo seguido de morte) no estado aumentaram 2,03% no ano, de 345 (2015) para 352 (2016). O número de vítimas dos crimes de latrocínio subiu 1,4% em 2016, passando de 356 para 361.

Já a capital paulista registrou uma leve queda de 1,69% nos latrocínios, em 2016. O número caiu de 118 (2015) para 116 (2016). No mês de dezembro de 2016, em relação ao mesmo mês do ano anterior, os casos caíram de nove para sete – redução de 22,22%. O número de vítimas de latrocínios caiu 4,92% no ano na capital paulista. O total passou de 122 (2015) para 116 (2016). No último mês de 2016, houve queda de 30%.

Homicídio

O número de homicídios no estado em 2016 registrou o menor patamar da série histórica, desde 2001, segundo a SSP. Os casos de homicídio doloso, quando há intenção ou se assume o risco de matar, diminuiram 6,31% no ano, caindo de 3.758 (2015) para 3.521 (2016), com 237 ocorrências a menos. Em dezembro último, houve redução de 1,75%, na comparação com o mesmo mês do ano anterior.

Na capital, os casos de homicídio caíram 14,83% em todo o ano, de 991 (2015) para 844 (2016) registros, com 147 a menos. Em dezembro, a queda foi de 19,59% ante o mesmo mês de 2015. Os totais de 2016 também são os menores da série histórica para a capital.

Camila Boehm
Agência Brasil

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Subir