Dia a dia

Estudantes participam de Simulado da ONU em Manaus

Este ano os inscritos abordarão o tema sobre “Crise dos Mísseis” e “Crise dos Refugiados” – Divulgação

Durante dois dias, sessenta alunos do Ensino Médio terão a oportunidade de vivenciar a experiência de ser um delegado da Organização das Nações Unidas (ONU), em Manaus. Participam desta edição do Simulado da Onu, estudantes finalistas do Ensino Fundamental e do Ensino Médio. A imersão no mundo da diplomacia internacional acontece no próximo sábado e domingo, 20 e 21 de maio, na Faculdade DeVry Martha Falcão.

Este é o segundo ano consecutivo que a ação, coordenada pela Internationali Negotia, organização que há 15 anos realiza simulações de organismo nacionais e internacionais em todo País, por meio da INTERBRASIL – Brasil Internationali, realiza o Simulado da ONU no Amazonas. Na Região Norte, Acre, Rondônia e Pará também participam.

De acordo com a representante da Internationali Negotia no Norte, Giovanna Sousa, o objetivo é promover o conhecimento sobre o sistema internacional de proteção dos direitos humanos junto a estudantes. “Os estudantes têm a oportunidade de debater e tomar decisões sobre temas importantes internacionais. É uma forma de despertar o interesse pela política mundial e ampliar o conhecimento sobre questões de fundamentais para o que se passa no mundo hoje”, explicou.

Critérios como oratória, negociação, etiqueta, argumentação e gesticulação são analisados para eleger um delegado vencedor, que concorrerá com outros Estados ao prêmio que contempla passagem, estada e taxa de inscrição para uma simulação da ONU em Harvard University, nos Estados Unidos, a fim de representar o Brasil na disputa mundial.

Critérios como oratória, negociação, etiqueta, argumentação e gesticulação são analisados para eleger um delegado vencedor – Divulgação

Este ano os inscritos abordarão o tema sobre “Crise dos Mísseis” e “Crise dos Refugiados”, dependendo do grupo que escolherem participar, por afinidade: Conselho de Segurança ou Conselho de Ministros, segundo Giovanna Sousa. “Ano passado os temas abordados foram o Estado Islâmico e a Crise Mundial de Ébola. O resultado foi muito positivo: ver as decisões despertadas entre os jovens a partir da consideração dos direitos humanos como um bem maior é muito gratificante”, disse Giovanna, que já participou do Simulado e foi classificada em segundo lugar no Brasil.

“É uma iniciativa que o Grupo DeVry Brasil tem o orgulho de apoiar com esta parceria, uma vez que estimula o conhecimento internacional e o estímulo à proposição de soluções, por parte dos jovens, às questões humanitárias mundiais”, afirmou a diretora geral da faculdade DeVry Martha Falcão, Helena Lima. O Simulado da ONU acontece também em outras Instituições de Ensino Superior (IES) que integram o grupo.

Sobre a Internationali Negotia

A Internationali Negotia é uma instituição que renova a educação do Brasil a mais de 15 anos. Por meio de ferramentas educacionais modernas, como simulações da ONU, jurídicas, legislativas, empresariais, entre outras, desenvolve habilidades que a sala de aula tradicional ainda não consegue promover.

Fundadora do conceito de simulações feitas em escolas no Brasil desde 2001, inicialmente em Brasília, hoje se faz presente de norte a sul do país e constrói conferências customizadas para escolas, cidades e municípios. Personaliza suas atividades por meio da adequação às necessidades de calendário acadêmico de cada instituição ou localidade onde atua.

Destaca-se por integrar todas suas simulações por meio do sistema “MIB”- Modelo Internacional do Brasil. Para a participação nesse evento, há seleção entre os melhores delegados participantes das simulações internas e promove-se premiações aos destaques das edições realizadas. Aproximadamente 30 % dos constituintes de cada conferência Internationali de um estado são reunidos em uma etapa regional (MIB DF, MIB GOIÁS, MIB PARANÁ, etc). Os destaques desses MIBs são convidados para uma final nacional. Nessa, os participantes devem dormir no local da conferência e crises em altas horas da madrugada podem ocorrer. Os melhores delegados da final de 2014 e 2013 receberam como prêmio passagem, estada e taxa de inscrição para uma simulação da ONU em Harvard University, nos Estados Unidos. Representando, assim, nosso país em uma disputa mundial.

Com informações da assessoria

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

grupo
Subir