Sem categoria

Estudantes continuam perdidos na Reserva Adolpho Duque; buscas serão retomadas amanhã

Wendril e Wilker desapareceram depois de terem ido tomar banho num igarapé próximo à reserva florestal, ontem, e até então não retornaram - foto: Josemar Antunes

Wendril e Wilker desapareceram depois de terem ido tomar banho num igarapé próximo à reserva florestal, ontem, e até então não retornaram – foto: Josemar Antunes

O Corpo de Bombeiros encerrou às 17h20 desta quinta-feira (24), as buscas pelos adolescentes Wendril Brito e Wilker Marques, ambos de 13 anos, desparecidos desde às 15h de ontem (23), na Reserva Florestal Adolpho Duque, bairro Aliança com Deus, Zona Norte de Manaus.

De acordo com os bombeiros, a equipe se dividiu em dois grupos – cada uma cão um cão farejador – percorreu uma área entre 15 a 20 quilômetros e não encontrou rastros dos garotos, apenas objetos deixados por frequentadores da reserva.

Wendril e Wilker desapareceram depois de terem ido tomar banho num igarapé próximo à reserva florestal, ontem, e até então não retornaram. A equipe dos bombeiros retomará as buscas amanhã.

A dona de casa Michele da Silva Brito, 28, informou que o filho, Wendril e o amigo dele, Wilker, entraram na reserva florestal pela primeira vez na companhia de mais quatro adolescentes com idades entre 13 e 14 anos. Segundo Michele, a amizade com Wilker é recente, porém nunca presenciou os dois amigos juntos. Wendril, que cursa o 6º ano do ensino fundamental na Escola Municipal Olga Figueiredo, bairro Alfredo Nascimento, costuma jogar vídeo game, nas proximidades de casa.

“Meu filho quase que diariamente joga vídeo game perto de casa. No fim da tarde (de ontem), estranhei a demora dele. Ao procurá-lo, fui informada por outro adolescente que o Wendril estava perdido na mata com o amigo Wilker”, disse a mãe do adolescente.

Michele acrescenta que ao saber do sumiço do filho, de imediato os familiares iniciaram as buscas. Por ser um local perigoso, os familiares foram até o 13º Distrito Integrado de Polícia (DIP), mas foram informados que o caso seria de competência do Corpo de Bombeiros.

Por Equipe EM TEMPO Online

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir