Dia a dia

Estudante é executado com quatro tiros, na Zona Leste

O corpo foi removido pelo Instituto Médico Legal (IML) - foto: Josemar Antunes

O corpo foi removido pelo Instituto Médico Legal (IML) – foto: Josemar Antunes

O estudante Davi Corrêa Veloso, 15, foi morto com quatro tiros por volta das 23h da noite dessa sexta-feira (27). O crime ocorreu em um rip-rap, localizado na Colina do Aleixo, bairro São José 2, Zona Leste de Manaus.

A mãe da vítima, a dona de casa Maria da Conceição Veloso, 34, falou que o filho saiu da residência para encontrar com a namorada, cujo nome não foi revelado, e pediu o celular dela emprestado e, devido à demora do adolescente, ela resolveu ligar, porém não conseguiu mais contato com o rapaz.

“Ele falou que iria encontrar com a namorada. Ele levou meu celular, mas quando liguei estava desligado. Fiquei preocupada. Em seguida, recebi a notícia de que um jovem tinha sido morto perto de um rip-rap. Senti dentro do meu coração que era meu filho. Quando cheguei ao local me deparei com a cena mais horrível da vida” lamentou a mulher.

A dona de casa ainda relatou que o filho era usuário de drogas, mas não sabia se o mesmo estava recebendo ameaças.

Populares informaram à polícia que ouviram vários disparos e que, em seguida, avistaram um carro modelo Celta de cor preta de placa não identificada saindo do local. Pelo menos quatro pessoas estavam dentro do veículo.

A polícia trabalha com a hipótese de acerto de contas relacionado ao tráfico de droga, pois a vítima era usuária de droga.

A polícia ainda informou que o adolescente tinha passagem por roubo na Delegacia Especializada em Apurações de Atos Infracionais (Deaai). De acordo com o Instituto de Criminalística (IC), Davi foi morto com quatro tiros, sendo dois na cabeça e outros dois no tórax. O corpo foi removido pelo Instituto Médico Legal (IML).

O caso inicialmente foi registrado no 9º Distrito Integrado de Polícia (DIP), mas será investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

Por Mara Magalhães

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir