Dia a dia

Estudante é estuprada e agredida por homem, no Jorge Teixeira

Os moradores do bairro se revoltaram com o ato e, no momento em que viram o autor tentando fugir, começaram a agredi-lo com socos - foto: Janailton Falcão

Os moradores do bairro se revoltaram com o ato e, no momento em que viram o autor tentando fugir, começaram a agredi-lo com socos – foto: Janailton Falcão

Kleiton Garces Barbosa, 31, foi preso após estuprar uma estudante de 18 anos. O fato ocorreu na noite dessa quarta-feira (9), por volta das 19h30, no bairro Jorge Teixeira, Zona Leste de Manaus.

A vítima informou à polícia que estava nas dependências de uma igreja desativada, que fica nos fundos da casa do namorado dela, quando foi surpreendida pelo suspeito.

Conforme a mulher, o homem estava com uma faca e começou a ameaçá-la caso gritasse por socorro. Em seguida, o suspeito começou a agredi-la fisicamente, pressionando as mãos dele no pescoço da jovem, o que fez com que a vítima desmaiasse.

“Só lembro até quando ele estava tentando me sufocar. Não me recordo demais de nada. Acordei com minha irmã do meu lado, perguntando o que tinha acontecido”, disse a mulher.

Conforme a polícia, a estudante foi socorrida pela irmã e levada para o Hospital e Pronto-Socorro Platão Araújo, Zona Leste, onde os médicos desconfiaram que a menina havia sido estuprada.

A mulher foi levada ao Instituto Médico Legal (IML), onde após o exame de conjunção carnal foi comprovado o estupro.

Os moradores do bairro se revoltaram com o ato e, no momento em que viram o autor tentando fugir, começaram a agredi-lo com socos, chutes e pauladas. O homem só não foi linchado, devido aos policiais militares da 30ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), que os impediram.

O homem foi conduzido para o 14º Distrito Integrado de Polícia (DIP), onde foi autuado. Após os procedimentos cabíveis será levado para a Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, no Centro de capital, onde ficará à disposição da Justiça.

Por Mara Magalhães

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir