Economia

Estimativa de inflação no Brasil sobe para 6,7%, diz FGV

A estimativa de setembro é mais alta do que a de agosto interrompeu quedas consecutivas – Foto: Divulgação

Os brasileiros acreditam que, nos próximos 12 meses, a inflação ficará em 6,7%. A constatação é da pesquisa de setembro da Expectativa de Inflação do Consumidor, medida pela Fundação Getulio Vargas (FGV). A estimativa de setembro é mais alta do que a de agosto (6,3%) e interrompeu dez quedas consecutivas.

Leia também:Nova parcela do 13º estadual vai injetar mais R$ 90 milhões na economia do AM

Segundo a Fundação Getulio Vargas (FGV), a alta pode ser interpretada como uma acomodação temporária do indicador na casa dos 6%.

A FGV acredita que, nos próximos meses, o indicador voltará a cair devido ao recuo esperado para a inflação oficial, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Segundo os últimos dados do IPCA, referentes a agosto, a inflação oficial medida pelo IBGE acumula taxa de 2,46% em 12 meses.

Agência Brasil

Leia mais:

Mercado reduz projeção de inflação para 3,08% este ano e 4,12% em 2018

Mercado financeiro aumenta projeção para o PIB e reduz para inflação

Prévia da inflação oficial em junho é a menor para o mês desde 2006

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Subir