Dia a dia

Estelionatário que aplicou meio milhão em golpes é preso

O suspeito foi preso e indiciado pelo crime de estelionato, após inúmeras denuncias – Daniel Landazuri

Equipes do Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRCO) prenderam Tiago da Silva Cortez, 26 anos, nesta terça-feira (21), na casa do suspeito, rua Santa Luzia, bairro Mauazinho, Zona Leste de Manaus. Thiago teria enganado pelo menos de 40 pessoas e aplicado golpes com os valores somados de mais de R$ 500 mil.

De acordo com o diretor do DRCO, delegado Guilherme Torres, a investigação sobre o caso começou depois que dez vítimas de Tiago procuraram o departamento para prestar queixa. O suspeito tem mais de 30 boletins de ocorrências registrados contra ele em 15 delegacias da cidade.

“Ele oferecia serviços de cerimonialista para formatura, casamentos. Ele também prometia vender aparelhos de televisão por um preço abaixo do mercado, alegando que tinha uma tia que trabalhava em uma fábrica de televisores. Esses eram os golpes principais dele”, explicou o delegado.

Há mais de dois anos Tiago cometia esses crimes. O suspeito também ameaçava de morte as vítimas que prestavam queixa contra ele. Só de um dos alvos o estelionatário conseguiu tirar R$ 290 mil com a desculpa de precisar fazer compras para uma festa.

O suspeito não confessou os crimes e disse que ele realmente prestava esses serviços, mas que por algum motivo as coisas davam errado e ele também acabava no prejuízo.

Além de esperar que outras vítimas do estelionatário façam denúncias, o delegado alertou para que as pessoas que procuram esse tipo de serviço estejam atentas às referências desses profissionais.

Tiago foi indiciado por estelionato, o famoso “171”, e pode ficar até 30 anos na cadeia.  Ele vai ser encaminhado ao Centro de Provisório de Detenção Masculino (CDPM), no quilômetro 8 da BR-174.

Daniel Landazuri
EM TEMPO

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Subir