Dia a dia

Estagiário da Eletrobras é preso por negociar dívidas e ficar com o dinheiro

Allan foi preso em cumprimento a mandado de busca e apreensão – Janailton Falcão

O universitário Carlos Allan Amorim Carvalho, 21, foi preso em flagrante, na tarde desta segunda-feira (12), por corrupção passiva. Ele é suspeito de sumir com processos da empresa Eletrobras Distribuição Amazonas, onde trabalhava como estagiário.

O jovem, que cursa o oitavo período do curso de Direito, prestava serviços no departamento contra fraudes e tinha acesso aos processos e contatos dos clientes. Ele enviava mensagens por WhatsApp oferecendo negociações das dívidas. Allan cobrava em média R$ 500 para ‘sumir’ com os processos e apagar os documentos dos arquivos da Eletrobras.

O jovem cursa o oitavo período do curso de Direito

Um dos clientes, que recebeu a oferta de quitação da dívida por mensagem, desconfiou da proposta e foi até à sede da Eletrobras perguntar sobre a negociação.

O delegado Felipe Vasconcelos, da Delegacia Especializada em Combate a Furtos de Energia, Água, Gás e Serviços de Telecomunicações (DECFS) , contou que a gerência da empresa procurou a Polícia Civil e em duas semanas um mandado de busca e apreensão foi expedido em nome de Allan.

“Efetuamos as buscas nos celulares, verificamos as mensagens no celular e foi constatado que ele era o autor das mensagens. Inclusive, ele tinha mandado uma última mensagem cobrando o pagamento por um dos serviços”, disse o delegado.

Na delegacia, o universitário confessou que fazia os trabalhos ilegais há pouco mais de um mês, porque precisava pagar cursinho para ser aprovado no Exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

A polícia identificou ainda outros três casos de fraudes envolvendo Allan. Na casa dele, no bairro Da Paz, Zona Centro-Sul, foram encontrados diversos documentos de processos da Eletrobras.

O caso foi registrado na DECFS, onde o jovem ficará à disposição da Justiça.

Laize Minelli
EM TEMPO

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Subir