Mundo

Estados Unidos pedem desculpas à Venezuela por violação do espaço aéreo

O governo dos Estados Unidos (EUA) confirmou hoje (18) que um avião norte-americano violou o espaço aéreo venezuelano, durante uma operação de combate ao tráfico de drogas, e pediu desculpas a Caracas.

“Admitimos e oferecemos desculpas”, disse o general John Kelly, ao ser questionado pelos jornalistas durante entrevista no International Institute for Strategic Studies, em Washington.

Segundo ele, o avião esteve durante três minutos e meio em espaço aéreo venezuelano, enquanto seguia uma embarcação que transportava uma tonelada de cocaína.

“Seria melhor se tivéssemos maior cooperação antinarcotráfico com a Venezuela”, destacou, acrescentando que os Estados Unidos têm “cooperação incrível com quase todos os países da região”, mas que isso não ocorre com alguns deles.

No último dia 8, o presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, anunciou que um avião norte-americano violou o espaço aéreo do seu país e que recorreria a instâncias internacionais para denunciar as últimas “provocações militares” dos EUA.

“Vamos denunciar perante todos os organismos regionais e sub-regionais, a União de Nações Sul-Americanas, a Comunidade de Estados Latino-Americanos e Caribenhos, a Aliança Bolivariana para os Povos da América, além da ONU, todas essas provocações novas, inusitadas e extraordinárias”, disse Maduro ao canal estatal Venezuelana de Televisão.

No mesmo dia, mais cedo, o ministro venezuelano da Defesa, Vladimir Padrino López, denunciou que um avião dos serviços secretos dos EUA partiu da ilha caribenha de Curaçao e entrou no espaço aéreo da Venezuela sem dar informações a Caracas sobre o voo.

Por Agência Brasil

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quis autem vel eum iure reprehenderit qui in ea voluptate velit esse quam nihil molestiae consequatur, vel illum qui dolorem?

Temporibus autem quibusdam et aut officiis debitis aut rerum necessitatibus saepe eveniet.

Copyright © 2016 EM TEMPO Online. Todos Os Direitos Reservados.

Subir