Economia

Estado começará a pagar parcela do 13º no dia 28

Estado começará a pagar parcela do 13º no dia 28 – foto: Alberto César Araújo

Estado começará a pagar parcela do 13º no dia 28 – foto: Alberto César Araújo

A economia do Amazonas vai receber, nos dias 28 e 29 de julho, um aporte de R$ 92 milhões oriundos da antecipação de parte do 13º salário dos servidores públicos estaduais.

Esse montante é referente à antecipação de 30% do valor do 13º salário e vem se somar aos R$ 307 milhões que são pagos na folha de pagamento mensal de quase 80 mil servidores. O restante do décimo será quitado em outras duas parcelas: 20% em setembro e 50% em dezembro.

A medida animou o comércio local. De acordo com o presidente da Câmara dos Dirigentes Lojistas de Manaus (CDL-Manaus), Ralph Assayag, a antecipação de parte do décimo vai impactar positivamente nas vendas, principalmente por conta da recuperação do crédito do consumidor.

“A gente sabe que as pessoas costumam utilizar até 60% da antecipação do 13º salário para quitar as dívidas contraídas no primeiro semestre. Mas, pelo menos quando pagam, muitos delas com inadimplência, voltam a ter crédito e, por consequência, voltam a comprar”, explicou o empresário.

Assayag lembrou ainda que, sem as contas comuns do primeiro semestre, a antecipação do décimo pode influenciar na intenção de compra no segundo semestre deste ano.

“É um alento, um alívio saber que o governo do Amazonas pode honrar com esse e outros compromissos”, enfatizou o presidente da CDL-Manaus.

Por sua vez, o secretário Estadual de Administração e Gestão (Sead), Evandro Melo, afirmou que a antecipação de parte do 13º salário será feita em folha especial. No dia 28, recebem os servidores do grupo 1, 2 e 3 (aposentados, pensionistas, polícias e educação) e, no dia 29, os demais servidores dos grupos 4, 5 e 6.

“Se somarmos ao salário normal dos servidores, que está sendo pago também no fim do mês, são quase R$ 400 milhões entrando de uma só vez, um recurso importante para a economia do Estado, que ajuda a diminuir a inadimplência e revigora o poder de compra, melhorando o ambiente econômico”, observou Melo.

Antecipação dividida

O secretário da Fazenda do Amazonas (Sefaz-AM), Afonso Lobo, ressaltou o esforço que vem sendo feito pelo Estado para garantir pagamentos de salários em dia e a antecipação do 13º salário, bem como os compromissos com fornecedores e credores.

“Inicialmente, com o atual quadro de queda nas receitas, sentido de forma mais clara desde 2015, chegamos a cogitar a possibilidade de nem mesmo antecipar o décimo terceiro em julho, como fazemos todos os anos, mas um esforço da equipe econômica, e com o comando firme do governador José Melo, decidimos antecipar pelo menos 30% agora. Outros 20% do benefício serão pagos em setembro e os 50% restantes em dezembro”, disse Lobo.

 

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir