Esportes

Estádios do Brasil podem receber museus do esporte

A ideia pode incentivar o turismo manauense e aproximar mais as pessoas do futebol local – Ione Moreno

O futebol brasileiro poderá passar por uma evolução turística, nos próximos anos. Após a visita do ministro do Turismo Marx Beltrão ao estádio Santiago Bernabeu, em Madrid (ESP), foi visto de perto que a praça esportiva ajuda na rotatividade financeira da cidade. Lá, estádios de futebol têm maior arrecadação do que os renomados museus Prado e Reina Sofia.

Portanto, Beltrão deseja construir museus nas arenas e estádios brasileiros, afim de buscar retorno financeiro ao país, que vive a maior crise financeira de todos os tempos. O ministro levou a proposta ao presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Marco Polo Del Nero. A ideia levantada é utilizar os estádios construídos ou reformados para a Copa do Mundo, como palco para exposições a respeito da história do futebol brasileiro, seus clubes, conquistas e artilheiros.

“Nós estamos no país do futebol, por isso, nada mais justo que trabalhar os estádios turisticamente, atraindo visitantes do país e de todo o mundo para conhecer mais o nosso futebol. Acredito que temos um potencial enorme a ser explorado neste campo”, afirmou Beltrão.

A proposta do ministério é, por meio de uma parceria com a CBF, governo dos Estados e a iniciativa privada, estruturar os estádios não só com museus, mas também com restaurantes e lojas para servir aos turistas.

O presidente da CBF apoiou a ideia e citou o Maracanã, palco de tantos jogos importantes na história do futebol, como um ponto de partida para o projeto.

Estádios amazonenses

Em caso de sucesso do projeto, os palcos futebolísticos de Manaus vão entrar na rota de transições. Arena da Amazônia, estádios Carlos Zamith e Colina foram utilizados na Copa do Mundo e, segundo o titular da Secretaria de Estado de Juventude Esporte e Lazer (Sejel), Fabrício Lima, tal ideia pode incentivar o turismo manauense e aproximar mais as pessoas do futebol local.

“Manaus está na rota turística de quem vem de fora e pretende conhecer todas as regiões do Brasil. Já temos belezas naturais e pontos turísticos históricos conhecidos mundialmente. Agora, será a vez de assimilar o futebol com o turismo. Nossa cidade ganhará um ponto a mais”, reforçou Lima.

João Paulo Oliveira
EM TEMPO

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Subir