Dia a dia

Esquema de segurança para os jogos olímpicos será o mesmo utilizado durante a Copa, diz PM

SEGURANCA_OLIMPIADAS_IONEMORENO

Fiscalização será feita no raio de segurança de um quilômetro da Arena da Amazônia e contará com efetivo de 500 policiais militares – foto: Ione Moreno

Os protocolos de ações que serão empregados nos Jogos Olímpicos 2016, em Manaus, foram assinados, na manhã desta quinta-feira (21), no Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), no Aleixo, Zona Centro-Sul, onde também foi apresentado o Plano Integrado de Segurança do evento, que envolverá três eixos de atuação: Defesa (Exército), Segurança Pública (SSP-AM) e Inteligência (Abin).

A cerimônia contou com a presença do secretário de Segurança Pública do Estado (SSP-AM), Sérgio Fontes, do superintendente da Agência Brasileira de Inteligência (Abin), Paulo Arouck, o coordenador de Defesa de Área, general de Brigada Antônio Barros, o secretário executivo adjunto de Planejamento e Gestão Integrada de Segurança, coronel Dan Câmara, o comandante do Comando Militar da Amazônia (CMA), general de Exército Geraldo Miotto, entre outras autoridades ligadas à segurança.

As operações deflagradas durante o período dos Jogos Olímpicos serão, praticamente, as mesmas que foram utilizadas durante a Copa do Mundo de 2014, conforme informações do tenente-coronel da Polícia Militar Franclides Ribeiro, comandante da operação Olimpíadas em Manaus.

Segundo Franclides, todo o planejamento das operações que serão colocadas em prática nos próximos dias já foi concluído. Dessa forma, os órgãos estão preparados para atuar tanto no perímetro externo como internos dos eventos dos Jogos Olímpicos. No circuito de 1 quilômetro, ao redor da Arena da Amazônia, serão utilizados o reforço de, pelo menos, 500 homens da Polícia Militar.

“Os protocolos e procedimentos com eventos de incidentes já foram realizados. Em relação aos jogos na Arena da Amazônia, será utilizada a mesma tática de fiscalização no raio de segurança de 1 quilômetro. Nesse perímetro imediato, serão feitas as revistas, tanto de veículos, como de pessoas, até o trecho que corresponde à frente da Arena. Só terá acesso a esse perímetro, a pessoa que possuir o ticket, caso contrário, não irá nem passar da barreira policial”, salientou.

Em caso de atentado terrorista, Franclides destacou que a intervenção será feita, primeiramente, pelo efetivo da Polícia Militar, sob o comando do grupamento de pronta resposta. Caso o fato se configure mesmo um atentado, serão acionados outros órgãos de segurança, juntamente com o Exército Brasileiro.

O tenente-coronel ressaltou, ainda, que o torcedor deverá ficar atento às regras de segurança impostas durante os Jogos. Não será permitida a entrada de objetos que possam colocar em risco a integridade física do próprio torcedor, assim como a dos envolvidos nos eventos. Informativos serão distribuídos explicando o que será ou não permitido dentro da Arena da Amazônia.

“A nossa revista será feita com detector de metal e também com a forma tradicional, manualmente. Estamos com o procedimento de coibir sinalizadores no estádio. A Arena da Amazônia para nível de controle e segurança, é a melhor do país. Para acessar o perímetro a pessoa terá que trafegar pela Constantino Nery, Djalma Batista ou Lóris Cordovil, isso facilitará o nosso serviço. Nos dias de treino, a mesma operação será deflagrada, permitindo o acesso somente das delegações”, pontuou.

Segurança aérea

Já o monitoramento aéreo de Manaus ficará por conta do 4º Batalhão de Aviação do Exército (4º Bavex), que anunciou também, na manhã de ontem, durante um sobrevoo feito pela cidade, seu plano para combater qualquer interferência que possa prejudicar a realização dos Jogos Olímpicos em Manaus. Nas operações do Exército Brasileiro, serão utilizados cinco helicópteros e, aproximadamente, um efetivo de 300 militares, entre pilotos, mecânicos, mecânicos de manutenção no solo, equipe de busca e salvamento, abastecimento de aeronaves, segurança, apoio de solo e administrativo.

Por Gerson Freitas

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir