barra portal

Classificados

emprego botao
imoveis botao
Classitempo anuncie grátis

NFC-e: Sefaz-AM seleciona empresas para teste de aplicativo

Amazonas foi o primeiro Estado brasileiro a aderir a NFC-e - foto: divulgação

 

A Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz-AM) iniciou, em abril, o processo de  seleção de empresas interessadas em participar dos testes de um novo aplicativo emissor gratuito de Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica (NFC-e) para tablets. O software desenvolvido pelo setor de P&D da Samsung, com a supervisão técnica da Sefaz-AM simplifica a emissão do documento fiscal pelos estabelecimentos.

 


O programa, desenvolvido para plataforma Android, destina-se, exclusivamente, a empresas do comércio varejista optantes pelo Simples Nacional. As empresas interessadas em realizar os testes devem seguir as seguintes instruções: enviar e-mail para O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. ; preencher o assunto do e-mail apenas com a palavra piloto tablet; informar seus dados atualizados (CNPJ, Inscrição Estadual, endereço, ramo de atividade e contato).


A utilização dos tablets como check out móveis permitirá a emissão do documento de forma simplificada, proporcionando comodidade ainda maior para o cliente. Num restaurante, o garçon poderá fazer o pedido, fechar a conta, efetivar o pagamento e emitir a NFC-e no tablet. A nota pode ser imprensa e entregue ao cliente ou enviada por e-mail ou SMS.


A Sefaz-AM planeja apresentar o novo aplicativo, inédito no país, na Feira do Empreendedor do Sebrae-AM, que acontecerá no período de 24 a 27 de abril, no Clube do Trabalhador do Sesi.

Nota fiscal
A Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica, NFC-e, desde que entrou em operação no Brasil, em 2013, sendo o Amazonas o primeiro Estado emissor, tem avançado no país. Já são 21 Estados que aderiram a NFC-e.
No Amazonas, houve aumento de estabelecimentos comerciais que incorporam a NCF-e. Hoje são 1.250 ante 1.030 em fevereiro, um crescimento de quase 21%.


O Grupo SB Comércio, por exemplo, implantou em todas as unidades da empresa a Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica por causa da economia  e desburocratização. “ Em algumas farmácias, o consumidor compra e paga para o vendedor. Nestas unidades, a fila no caixa desapareceu. A vantagem também se estende para o setor contábil/fiscal. Os dados transmitidos online ficam armazenados  permanentemente, facilitando a escrituração”, explicou o contador Evanio Felizzola.

Pesquisar no site

Rádio EM TEMPO

Videorreportagem Agora

Entrevistas

Facebook

Charge do dia

charge-4-de-abril-de-2014

Vagas de emprego do dia

DMC Firewall is a Joomla Security extension!