Cultura

Espaços culturais entram em clima olímpico a partir desta sexta-feira

Manaus é uma das sedes das partidas de futebol dos Jogos Olímpicos Rio 2016, e o governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado da Cultura (SEC), preparou a programação especial “Cultura Amazonas nas Olimpíadas”, em parceria com a Yupi Casa de Brincar. A programação começa hoje e continua amanhã e domingo, das 17h30 às 19h30, no Centro Cultural Largo São Sebastião e Casa das Artes (rua José Clemente, 564, Centro).

Entre as atividades estão brincadeiras de rua, contação de história, teatro de fantoches, exposições, palestras, ginástica rítmica e artística, exibição de documentários e atividades psicomotoras.

Uma das atrações da Casa das Artes é a sala “Sentidos da Amazônia – Uma experiência sensorial para crianças”. Com curadoria de Veralúcia de Souza, a exposição proporciona a imersão na Amazônia por meio dos cinco sentidos.  Já a Galeria Itinerante Manoel Borges irá levar para o Centro Cultural Largo São Sebastião a exposição “Pé de Moleque”, de Carlos Navarro, que celebra o esporte mais popular do Brasil, o futebol.

Hoje, a programação inicia, às 17h30, na Casa das Artes, com a peça de teatro de fantoches “Olimpíadas em Manaus”. A classificação indicativa é até 12 anos de idade. Às 18h, será exibido o documentário “No meio do caminho tinha um obstáculo”, de Cacá Diegues, Flora Diegues e Renata Magalhães, e, às 18h30, o documentário “O Brasil na Terra de Misha”, de Silvio Tendler.

No largo São Sebastião, a partir das 17h30, acontecem as brincadeiras de rua e a contação da história “O saco e corrida com jornal”. Às 18h, o psicólogo Alexandre Romano fala sobre “Esporte e desenvolvimento humano”.

Amanhã, a partir das 17h30, acontece na Casa das Artes uma oficina de reciclagem em que as crianças poderão aprender a fazer bilboquês com garrafas pet, além de exibição dos documentários “As lutas de Adriana”, de Alberto Ianuzzi, às 18h, e “Beth de peso”, de Kiko Mollica, às 18h30. No largo São Sebastião, além das brincadeiras de rua, será apresentada a história sobre as famosas fitas olímpicas e coreografia com as fitas, além de uma roda de música e a palestra “Brincar pra quê?”.

No domingo (7), na Casa das Artes, o teatro de fantoches apresenta, às 17h30, a “Lenda do índio Macunaíma”, com classificação até 12 anos. Às 18h, será exibido o documentário “Rainha Hortência & Magic Paula”, de Rubem Rewald, e, às 18h30, o documentário “Irmãos Grael”, de Marina Pessanha. E, no largo São Sebastião, acontecem as brincadeiras de rua e a contação de história sobre “Dama e jogo de dama humana”, além de uma roda de música.

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quis autem vel eum iure reprehenderit qui in ea voluptate velit esse quam nihil molestiae consequatur, vel illum qui dolorem?

Temporibus autem quibusdam et aut officiis debitis aut rerum necessitatibus saepe eveniet.

Copyright © 2016 EM TEMPO Online. Todos Os Direitos Reservados.

Subir