Cultura

Espaços culturais entram em clima olímpico a partir desta sexta-feira

Manaus é uma das sedes das partidas de futebol dos Jogos Olímpicos Rio 2016, e o governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado da Cultura (SEC), preparou a programação especial “Cultura Amazonas nas Olimpíadas”, em parceria com a Yupi Casa de Brincar. A programação começa hoje e continua amanhã e domingo, das 17h30 às 19h30, no Centro Cultural Largo São Sebastião e Casa das Artes (rua José Clemente, 564, Centro).

Entre as atividades estão brincadeiras de rua, contação de história, teatro de fantoches, exposições, palestras, ginástica rítmica e artística, exibição de documentários e atividades psicomotoras.

Uma das atrações da Casa das Artes é a sala “Sentidos da Amazônia – Uma experiência sensorial para crianças”. Com curadoria de Veralúcia de Souza, a exposição proporciona a imersão na Amazônia por meio dos cinco sentidos.  Já a Galeria Itinerante Manoel Borges irá levar para o Centro Cultural Largo São Sebastião a exposição “Pé de Moleque”, de Carlos Navarro, que celebra o esporte mais popular do Brasil, o futebol.

Hoje, a programação inicia, às 17h30, na Casa das Artes, com a peça de teatro de fantoches “Olimpíadas em Manaus”. A classificação indicativa é até 12 anos de idade. Às 18h, será exibido o documentário “No meio do caminho tinha um obstáculo”, de Cacá Diegues, Flora Diegues e Renata Magalhães, e, às 18h30, o documentário “O Brasil na Terra de Misha”, de Silvio Tendler.

No largo São Sebastião, a partir das 17h30, acontecem as brincadeiras de rua e a contação da história “O saco e corrida com jornal”. Às 18h, o psicólogo Alexandre Romano fala sobre “Esporte e desenvolvimento humano”.

Amanhã, a partir das 17h30, acontece na Casa das Artes uma oficina de reciclagem em que as crianças poderão aprender a fazer bilboquês com garrafas pet, além de exibição dos documentários “As lutas de Adriana”, de Alberto Ianuzzi, às 18h, e “Beth de peso”, de Kiko Mollica, às 18h30. No largo São Sebastião, além das brincadeiras de rua, será apresentada a história sobre as famosas fitas olímpicas e coreografia com as fitas, além de uma roda de música e a palestra “Brincar pra quê?”.

No domingo (7), na Casa das Artes, o teatro de fantoches apresenta, às 17h30, a “Lenda do índio Macunaíma”, com classificação até 12 anos. Às 18h, será exibido o documentário “Rainha Hortência & Magic Paula”, de Rubem Rewald, e, às 18h30, o documentário “Irmãos Grael”, de Marina Pessanha. E, no largo São Sebastião, acontecem as brincadeiras de rua e a contação de história sobre “Dama e jogo de dama humana”, além de uma roda de música.

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir