Dia a dia

Escolas municipais abrem programação da semana da pátria com desfile na Ponta Negra

Sob coordenação única da Semed, o evento que de costume ocorria no sambódromo, aconteceu na Ponta Negra pela primeira vez nos últimos anos - foto: João Paulo Oliveira

Sob coordenação única da Semed, o evento que ocorria no sambódromo, aconteceu na Ponta Negra pela primeira vez nos últimos anos – foto: João Paulo Oliveira

Com o tema ‘Garantia do Direito de Aprendizagem para Construção de uma Cultura de Paz e Solidariedade’, 2,6 mil alunos de 147 escolas municipais de áreas urbanas e rurais de Manaus desfilaram na tarde desta sexta-feira (2), no Complexo Turístico da Ponta Negra, na Zona Oeste da capital.


Em alusão à Elevação do Amazonas à Categoria de Província, comemorado no dia 5 de setembro, e à Independência do Brasil, no dia 7, através do Desfile Cívico Escolar, estudantes, educadores e colaboradores da Secretaria Municipal de Educação (Semed) deram início aos desfiles da semana da pátria na cidade.

Sob coordenação única da Semed, o evento que de costume ocorria no sambódromo, aconteceu na Ponta Negra pela primeira vez nos últimos anos. Também participaram do desfile, representantes da Marinha do Brasil, por meio do 9º Distrito Naval.

Desfile

Divididas em dez pelotões, as escolas contaram com o apoio da apresentação do grupo ‘Curumim na Lata’, e dos alunos do Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei), Rita Etelvina de Cássia Mourão.

A escola Vicente de Paula abriu o desfile, que foi procedido pelo primeiro pelotão, aberto pela escola Elza Damasceno. Assessores e colaboradores da Semed encerraram o desfile, que aconteceu em 700 metros de extensão.

A industriária Greice Rodrigues pediu folga do trabalho e acompanhou o desfile da filha, a estudante Graziela Sales. “Sem dúvida valeu o sacrifício feito para estar aqui, pois são momentos importantes que fazem parte da vida da gente. Pois existe aprendizado eficaz a estes jovens”, disse.

O prefeito de Manaus, Arthur Neto, acompanhado da secretária da Semed, Kátia Schweickardt abriu oficialmente a cerimônia. “Estou maravilhado em acompanhar este evento, é a nossa geração de amanhã que está desfilando. Até lutadores com paralisia cerebral desfilaram. É uma prova que a educação e o esporte fazem milagre na vida das pessoas. Pode apostar, que quando chegar a decisão do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) vamos estar entre as dez melhores cidades do ensino público”, disse.

Segundo a secretária municipal de educação, Kátia Schweickardt, o desfile provou a força de vontade de educadores e alunos, pois mesmo com a crise financeira e dificuldades de logística das escolas, o evento atingiu as expectativas.

“Precisávamos mostrar para a cidade o esforço que fazemos para produzir uma educação de qualidade. São anos de crise que vivemos, as secretarias são as que mais sofrem com crise. Dependemos de verbas constitucionais, nossa riqueza é o investimento que fazemos em nossas crianças. Sem imposto e com queda de receita temos muita dificuldade, pois mesmo assim aumentamos a aprendizagem de nossas crianças nos dois últimos anos em mais de 9%, diminuímos a evasão escolar em mais de 50%, somos hoje a terceira maior infraestrutura educacional municipal. Uma série de inciativa que conseguimos mostrar nesse desfile”, frisou Kátia.

Por João Paulo Oliveira

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir