Cultura

‘Entre Parênteses’ dialoga com obras de Anibal Beça em novo espetáculo do Corpo de Dança do Amazonas

Evolução e consistência são algumas das surpresas apresentadas pelo Corpo de Dança, que promete mais novidades em relação à cenografia – foto: divulgação

Evolução e consistência são algumas das surpresas apresentadas pelo Corpo de Dança, que promete mais novidades em relação à cenografia – foto: divulgação

O talento e a sensibilidade dos bailarinos Balé Experimental do Corpo de Dança do Amazonas estará de volta ao palco do Teatro Amazonas, na noite desta terça-feira (15), às 20h, com o espetáculo ‘Entre Parênteses’, uma homenagem ao poeta e jornalista amazonense Anibal Beça. A entrada é franca e classificação livre.

O espetáculo propõe um novo diálogo, dessa vez com inspiração nas obras de Beça, em sua quatrilogia ‘A vírgula’, ‘O ponto’, ‘Dois pontos’ e ‘Reticências’, que inspiraram o coreógrafo Rodrigo Vieira a dar vida a uma relação das simbologias com o tempo-espaço e o fim a que elas se aplicam. Afinal, qual o maior temor do homem, se não o fim? O que sobreviverá após tantos caminhos?

O bailarino Rodrigo Vieira explica que o espetáculo ‘Entre Parênteses’ teve início no projeto ‘Alma de um poeta’, realizado pelo Balé Experimental em 2015, que acontecia com sete bailarinos em cena, em 35 minutos de apresentação.

“‘Entre Parênteses’ é um espetáculo totalmente novo, com coreografia original e mais elementos cênicos do que o proposto ao público em ‘Alma de um Poeta’”, ressalta.

“Entre Parênteses” mostra, também, a liberdade dada aos bailarinos no processo criativo dos espetáculos, passando a se apropriar do contexto da obra, enquanto intérpretes.

“Será uma nova perspectiva, em que será possível notar o crescimento da companhia em termos de amadurecimento de seu corpo artístico, com ênfase na linguagem mais contemporânea de suas criações. Um presente ao público”, declarou Robério Braga, secretário de Estado de Cultura. A abertura dos portões do Teatro Amazonas tem início às 19h30.

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir