País

Ensaio com nu artístico no Planalto faz governo exonerar servidora

O governo federal exonerou uma servidora após vir a público vídeo de um ensaio artístico no Palácio do Planalto em que uma mulher seminua tem parte do corpo pintado nas cores de azulejos do artista Athos Bulcão, que decoram as paredes do prédio.

A servidora, que não teve o nome informado pela secretaria de Comunicação do governo, estava acompanhando o trabalho e perdeu uma função comissionada na Coordenação de Relações Públicas.

Em nota, o governo diz ainda que abriu uma sindicância para apurar o ocorrido.

O vídeo que veio a público foi produzido pelo fotógrafo Kazuo Okubo e pela artista plástica Ana Siqueira, responsável pelo ensaio, durante a preparação artística.

As fotos e o vídeo foram feitos na noite em que houve a votação do impeachment de Dilma Rousseff, no dia 31, de acordo com o que Okubo e Siqueira publicaram em suas redes sociais. Eles citam, em português e em inglês, o fato de estarem fazendo a performance artística durante o dia do impeachment.

Okubo brinca que havia uma mulher pelada no quarto andar do Planalto, onde fica a Casa Civil. O gabinete da presidência fica no andar abaixo. Naquele momento, Michel Temer estava em viagem à China.

Nas imagens, uma modelo identificada como Soraia fica sem a roupa na parte de cima do corpo, com os seios a mostra, enquanto seu corpo é pintado para que ficasse camuflada pelos azulejos coloridos do 4º andar do Palácio do Planalto. Depois, ela é fotografada e deixa o prédio já vestida.

A Folha não conseguiu contato com Okubo e Siqueira na manhã deste sábado (10).

Por Agência Brasil

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir