Dia a dia

Encontrado corpo de terceiro irmão assassinado em Presidente Figueiredo

O corpo foi removido ao Instituto Médico Legal (IML), onde passará por exame de necropsia - foto: Josemar Antunes

O corpo foi removido ao Instituto Médico Legal (IML), onde passará por exame de necropsia – foto: Josemar Antunes

Fabio Freire Oliveira, 28, que estava desaparecido desde a tarde do último domingo (27) em Presidente Figueiredo (117 quilômetros de Manaus), foi encontrado morto na manhã desta terça-feira (29), em uma área de mata localizada na comunidade Rumo Certo.

O homem foi encontrado por populares a poucos metros da casa de farinha onde os irmãos dele, identificados como Francinaldo Oliveira de Castro, 32, e Franciney Freire de Oliveira, 38, também foram encontrados mortos ainda no domingo.

De acordo com o delegado titular da 37ª Delegacia Interativa de Polícia, (DIP), Valdney Silva, na ocasião que os irmãos foram mortos, Fabio foi baleado e ainda conseguiu correr para a mata, mas devido aos ferimentos, não resistiu e morreu.

O delegado ainda relatou que, devido o crime não ter testemunha, até o momento, nenhum dos suspeitos foi identificado.

“O crime aconteceu em uma área muito isolada, não tem nenhuma testemunha. Estamos seguindo com as investigações, mas até o momento não identificamos os possíveis autores.
Trabalhamos com a hipótese que mais de duas pessoas praticaram o triplo homicídio”, disse o delegado.

A irmã das vítimas, a doméstica Marinelza Oliveira, 33, disse que os irmãos eram usuários de drogas e consumiam frequentemente bebidas alcoólicas e quando estavam embriagados se envolviam em brigas.

“Não sei o que pode ter acontecido e quem fez isso. A única coisa que sabemos é que eles estavam muitos bêbados e foram até a casa da vizinha e mataram quatro cachorros dela. Não sei se foi esse foi o motivo ou se foi por envolvimento com droga, não sei direito, está tudo muito misterioso. Eles estavam morando no município há mais de um mês”, disse Marinelza Oliveira.

De acordo com outros familiares das vítimas, Fracinaldo ficou preso durante nove anos, pelo crime de homicídio, e estava há quatro meses em liberdade. Já Franciney e Fabio respondem pelos crimes de desordem e brigas entre galeras.

O corpo de Fabio Freire foi removido pelo Instituto Médico Legal (IML).

Por Mara Magalhães

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir