Dia a dia

Empresa aérea contrata profissionais acima de 50 anos

A iniciativa faz parte do programa GOL para Todos, que visa garantir maior inclusão e diversidade entre os colaboradores da companhia – Divulgação

Quem tem mais de 50 anos e está procurando emprego sabe que o mercado de trabalho, muitas vezes, pode ser cruel. Pensando nisso, a companhia aérea GOL lançou o projeto “Experiência na Bagagem”, uma campanha para inclusão de pessoas da melhor idade nos processos seletivos da companhia.

A iniciativa tem como objetivo incentivar que profissionais com mais idade se candidatem às oportunidades de emprego na empresa e, assim, se reposicionem no mercado de trabalho.

A campanha integra o programa de inclusão e diversidade “Gol para Todos”, e faz parte de uma das principais premissas da companhia: a responsabilidade social. “Sempre pautamos a atuação da empresa no respeito às pessoas em suas individualidades. O ‘Experiência na Bagagem’ só reforça o nosso compromisso de oferecer mais oportunidade para todos”, destaca Jean Carlo Nogueira, diretor de RH da Gol.

Leia também: Empresas aéreas defendem cobrança separada de serviços para reduzir custos

A Gol disse que tem vagas para o país – Márcio Melo

Os interessados podem verificar as vagas disponíveis e cadastrar seus currículos no vagas.com/gol. No site da companhia, dentro do canal “Trabalhe na Gol”. Também é possível acessar uma página exclusiva da campanha. Os processos seletivos, em geral, são compostos por testes, seleção, dinâmica de grupo e entrevista com o RH e gestores.

Entre os benefícios oferecidos pela Gol estão salário compatível com o mercado, vale-transporte, vale-refeição e alimentação, assistência médica e odontológica. Além disso, os selecionados poderão conhecer diversos lugares do mundo com os benefícios para viagens oferecidos pela companhia.

Com 16 anos de história, a companhia aérea fez alianças estratégicas com três grandes parceiros mundiais: Delta Air Lines, Air France e KLM.

Para o presidente da Associação Comercial do Amazonas (ACA), Ataliba Antônio Filho, programas de empregabilidade para pessoas acima de 50 anos são importantes, porém, em Manaus esse mercado ainda é moderado.

“É um mercado que ainda não está muito explorado. Entretanto, é uma mão de obra muito válida. É uma troca de experiência muito interessante. Os mais velhos podem contribuir muito com os jovens que estão entrando no mercado de trabalho agora. Porém, em Manaus, esse mercado ainda é muito modesto, a procura ainda é pouca”, falou, Ataliba Antônio.

Há 27 anos fora do mercado de trabalho, a assistente social, Iolanda Auxiliadora de Araújo, de 57 anos, contou como é difícil alguém com mais de 50 anos conseguir emprego.

Os processos seletivos, em geral, são compostos por testes, seleção, dinâmica de grupo e entrevista com o RH e gestores – Márcio Melo

“Assim que engravidei parei de trabalhar, na época trabalhava como professora. Depois de um tempo fiz faculdade e me formei, porém, não consegui emprego e o tempo foi passando. É muito difícil para alguém com mais de 50 anos conseguir emprego. O mercado procura pessoas mais jovens. Depois de tanta procura, eu acabei desistindo”, contou.

A assistente social informou que gostou e se interessou pelo projeto de empregabilidade da Gol. Entretanto, a vaga que ela se interessou já havia sido preenchida. “É um projeto muito bom, gostei bastante, mas infelizmente a vaga que gostei já havia sido preenchida. Era uma vaga que não precisava sair de casa para trabalhar”, finalizou.

Conforme a assessoria da Gol, tem vagas para o país todo e o painel de oportunidades é atualizado constantemente.

Mara Magalhães e assessoria
EM TEMPO

 

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Subir