Sem categoria

Emendas para o Plano de Mobilidade Urbana serão aceitos até sexta

O documento, que contém dois volumes com 442 páginas, foi orçado em R$ 2,6 bilhões e promete transformar a mobilidade de Manaus - foto: divulgação

O documento, que contém dois volumes com 442 páginas, foi orçado em R$ 2,6 bilhões e promete transformar a mobilidade de Manaus – foto: divulgação

Vereadores, pessoas físicas ou jurídicas tem o prazo de até sexta-feira para apresentar proposta de emendas ao Plano de Mobilidade Urbana (PlanMob-Manaus), que tramita na Câmara Municipal de Manaus (CMM) e deve ser aprovado no próximo dia 17. As propostas devem ser entregues na Diretoria do Legislativo da casa.


De acordo com o relator da Comissão Especial de Análise do PlanMob, vereador Elias Emanuel (PSDB), o ciclo de audiências públicas que debateu o projeto encerrou na última quinta-feira. Segundo o parlamentar, amanhã deve ser feito um balaço geral para saber quantas emendas foram apresentadas e para saber também qual o teor das propostas sugeridas ao PlanMob.

“Só depois de esgotar o prazo para apresentação de emendas ao Plano é que vamos fazer um relatório final. Mas, minha pretensão é apresentar o relatório final na quarta-feira (17) ”, disse Elias.

O documento, que contém dois volumes com 442 páginas, foi orçado em R$ 2,6 bilhões e promete transformar a mobilidade de Manaus. O projeto contempla, além do alargamento e a duplicação das principais vias da capital, a adoção do sistema BRT (Bus Rapid Transit), também a construção de corredores preferenciais, a ampliação e implantação de novos terminais, de pontos de embarques e desembarques de passageiros e ciclovias.

O projeto gerou várias discussões entre a oposição na CMM e especialistas em engenharia de trânsito, que questionam o curto prazo para apreciação do projeto.

Entretanto, o prefeito de Manaus Arthur Neto (PSDB) explicou que o projeto foi elaborado em meio a muitas discussões e consultas técnicas, e que agora o que é tido como primordial, é dar celeridade para aprovação e implantação do plano de mobilidade urbana.

O prazo para aprovação do plano de mobilidade urbana está previsto para acontecer no próximo dia 17 de dezembro.

Por Henderson Martins

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir