Sem categoria

Embarcação explode em pontão de Jutaí e deixa três pessoas feridas

As vítimas, identificadas apenas como ‘Edivan Negão’, ‘Peruano’ e ‘Natanael’, a princípio, sofreram queimaduras de segundo grau pelo corpo- foto: divulgação/colaborador EM TEMPO Online

As vítimas, identificadas apenas como ‘Edivan Negão’, ‘Peruano’ e ‘Natanael’, a princípio, sofreram queimaduras de segundo grau pelo corpo- foto: divulgação/colaborador EM TEMPO Online

Três pessoas ficam feridas, na manhã desta segunda-feira (25), em Jutaí (a 751 quilômetros de Manaus), durante a explosão na embarcação em que trabalhavam. Elas faziam um abastecimento de combustível. O barco Coelho Pinto 5, de propriedade do vice- prefeito de Jutaí, Paulo Coelho da Fonseca, afundou.

O acidente ocorreu por volta das 8h30, no rio Jutaí, em frente ao porto da cidade. Os trabalhadores realizavam a transferência de três mil litros de gasolina do Pontão Coelho, também de propriedade de Paulo Coelho, e, no momento de ligar o motor da embarcação, ocorreu uma descarga na corrente elétrica causando a explosão.

O timoneiro Edvan Turipe de Paula, 35, sofreu várias fraturas. Ele saltou do barco assim que percebeu o fogo. Edvam, conhecido na cidade por ‘Negão’, teve fratura aberta (com exposição de osso) no tornozelo e calcanhar , além de fratura fechada na perna direita. Ele também teve luxação (deslocamento do osso) na coxa esquerda e vários cortes na cabeça.

O diretor do hospital do município, Miriney da Silva Oliveira, informou que Edvan foi anestesiado e passou por procedimentos de limpeza cirúrgica. Ele será removido por um helicóptero para o Hospital e Pronto-Socorro 28 de Agosto, em Manaus. A aeronave saiu da capital às 12h30.

Já Natanael Acepal da Rocha, 23, sofreu queimaduras de segundo grau nos membros superiores e inferiores e também no rosto. Natanael passa bem. Jonh Dal Aguilar Tapajós, 27, sofreu apenas escoriações leves e uma queimadura no braço esquerdo. Ele foi medicado e liberado ainda pela manhã.

“Nós mesmos estamos retirando o barco das águas, aqui somos como uma família: todo mundo se ajuda”, disse Paulo Coelho, relatando que os três tambores de combustível flutuaram no momento da explosão e não houve perda do produto nem dano ao meio ambiente. Ele disse ainda que toda assistência será dada aos funcionários vítimas do acidente. “Graças a Deus, todos estão fora de perigo”, disse Coelho, acrescentando que Edvan trabalha na empresa há 10 anos e os outros dois funcionários, há um ano.

Um morador do município, que preferiu não ter o nome revelado, informou AO TEMPO Online que no local onde funciona o pontão também funciona uma fábrica de gelo e que o risco de incidentes é grande, mas que mesmo assim foram construídas várias residências no local, inclusive a casa do vice-prefeito.

Por Conceição Melquíades

 

1 Comment

1 Comment

  1. DEUS NÃO DORME

    25 de janeiro de 2016 at 16:38

    Vice-Prefeito, Paulo Coêlho tém tudo isso : BARCO E FLUTUANTE e a população de JUTAÍ passando DIFICULDADE!

    Faça IDEIA o PREFEITO?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir