Dia a dia

Em Tabatinga, mulher é presa com armas, munições e drogas

Na casa de Ingrid foram apreendidos 16 quilos de entorpecentes, quatro de maconha; das duas armas de fogo, e também oito granada-foto: divulgação /PM

Na casa de Ingrid foram apreendidos 16 quilos de entorpecentes, quatro de maconha; das duas armas de fogo, e também oito granada-foto: divulgação /PM

Uma mulher identificada como Ingrid Flores Santos, 26, foi presa por volta das 13h desta quarta-feira (19) no beco Goiaba, bairro GM-3, município de Tabatinga ( a 1.108 quilômetros de Manaus).


Com ela foram apreendidos 16 quilos de entorpecentes, sendo 12 quilos de cocaína e quatro de maconha; das duas armas de fogo, uma de uso restrito da polícia e também oito granadas.

Os policiais do 8º Batalhão de Policia Militar (BPM) de Tabatinga informaram que chegaram até a casa onde estava a mulher após receberam denúncia anônima dando conta de que no local estaria ocorrendo uma discussão, em que um homem de 36 anos estaria sendo ameaçado de morte pelo irmão dela, identificado como Jairo Flores Santos, 19. O suspeito ele estaria armado com um revólver.

Quando os policiais militares chegaram ao endereço informado, encontraram na casa somente Ingrid, irmã do suspeito. A princípio a moça negou o fato, porém, pressionada sobre o paradeiro do irmão e sobre a suposta arma, a mulher acabou entregando um revólver de calibre 22.

Segundo relatos do soldado PM Jarbas Alves, que atendeu a reportagem, diante da confirmação da existência da arma e do nervosismo de Ingrid, os policiais resolveram vasculhar a residência. “Durante o trabalho, eles encontraram, além dos materiais já citados, uma luneta, 37 munições de calibre 16 e 22 e ainda um celular”, contou o policial.

Ainda conforme o soldado, a mulher foi encaminhada para a 4ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Tabatinga (DRPC), onde o crime foi registrado. Ela terá de esclarecer a procedência do material e foi autuada por porte ilegal de arma, uso restrito, e material bélico (de uso exclusivo do Exército), além de tráfico de entorpecentes.

A polícia local vai continuar à procura de Jairo Flores Santos, com vistas a esclarecer o caso.

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir