Dia a dia

Em ramal na BR-174, jovem assassinado ‘por engano’

O caso é investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS)

O caso é investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS)

O ajudante de pedreiro Anderson Augusto Thiago de Almeida, 22, foi morto com dois tiros, no inicio da madrugada desta sexta-feira (11), em um sitio localizado no Ramal Cuxiu, no km 23 da BR-174, na Zona Rural de Manaus.

Segundo informações da polícia, o jovem estava em sua casa com o irmão, que não teve o nome divulgado, quando dois homens chegaram numa motocicleta de cor e características não informadas e chamaram pelo nome da vítima. Ao abrir porta, um dos suspeitos disparou os tiros contra o rapaz, que não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

Após matarem o rapaz, um dos suspeitos tirou uma foto do bolso e, comparando com  Anderson, falou “matamos o cara errado, não era ele”. Em seguida fugiram sem serem identificados.

A polícia ainda informou que após efetuar os disparos contra o jovem, os suspeitos tentaram atear fogo na residência.

O caso é investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

Por Mara Magalhães

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir