Dia a dia

Em princípio de motim, presos chegam a render funcionários do Compaj

Os internos envolvidos serão encaminhados à delegacia para serem indiciados - foto: arquivo EM TEMPO

Os internos envolvidos serão encaminhados à delegacia para serem indiciados – foto: arquivo EM TEMPO

Um princípio de motim foi registrado no início da tarde desta terça-feira (26), no Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj). A situação ocorreu na área de inclusão da unidade prisional, onde os internos Rômulo Brasil da Costa e Fabrício Duarte Araújo renderam um agente de ressocialização e um funcionário da manutenção como reféns. Eles reivindicavam a transferência para outra unidade por se sentirem ameaçados.  

No momento da ação foi solicitado um apoio da Ronda Ostensiva Cândido Mariano (Rocam) e do Batalhão de Choque da Polícia Militar do Amazonas. A situação foi contornada através de negociações dos internos com o Tenente Coronel Cleitman Rabelo, comandante do Comando de Policiamento Especializado (CPE) e com o Major Lima Júnior, coordenador do sistema penitenciário.

Os funcionários foram liberados e não sofreram agressões. Os internos envolvidos serão encaminhados à delegacia para serem indiciados.

Após o controle da rebelião, policiais militares iniciaram uma revista na unidade prisional para retirar qualquer material ilícito de dentro da unidade.

Por equipe EM TEMPO Online

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir