Sem categoria

Em pouco mais de 24h Manaus registra apenas um homicídio

Pouco menos de 24h  apenas um homicídio foi registado em toda a cidade - foto: Arthur Castro

Pouco mais de 24h apenas um homicídio foi registado em toda a cidade – foto: Arthur Castro

A capital amazonense tem uma das noites mais tranquilas do ano de 2016 em ocorrência policial, em menos de 24h foi registado apenas um homicídio em toda a cidade, conforme informações da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestro (DEHS) e do Instituto Médico Legal (IML).

Em uma das ocorrências registadas pela DEHS, o entregador de gás Alessandro Bolhosa de Araújo, 28, foi morto com 10 disparos de arma de fogo por volta das 23h da noite de ontem (1º), na rua Newton Vieralves, bairro Novo Aleixo, Zona Leste de Manaus.

Conforme informações de populares, o rapaz chegava do trabalho quando um carro de cor branca de modelo e placa não identificadas estacionou em frente de sua residência, uma pequena vila e efetuou os disparos. Ainda conforme os vizinhos da vítima, uma mulher estava dentro do carro que foi usado para fuga dos suspeitos.

A dona de casa Ozilmar Alvez, 45, disse que Alessandro havia se mudado para a vila a pouco mais de um mês, ele uma mulher que possivelmente seria sua companheira e uma criança de apenas três anos de idade que seria filho apenas da moça.

“Estava chovendo bastante, quando ele chegou e colocou a moto para dentro, foi quando o carro parou e saiu uma pessoa efetuando os disparos”, disse Ozilmar.

Outros vizinhos de Alessandro Bolhasa informaram que o casal se mudou para o local depois de um desentendimento entre a mãe de sua companheira e o rapaz, isso por não aceitar o relacionamento dos dois.

Os suspeitos não levaram nada da vítima que havia recebido seu pagamento nesse mesmo dia. Os vizinhos acreditam que a morte do rapaz tenha sido motivada por um acerto de contas, uma vez que não foi levado nada do rapaz.

O corpo de Alessandro Bolhosa foi encaminhado para o IML onde passou por pericias. Peritos informaram que a causa da morte foi por hemorragia cerebral e traumatismo craniano, por conta dos disparos.

Alessandro Bolhosa foi alvejado com 10 tiros dentro da própria residência no bairro Novo Aleixo, Zona Leste da capital - foto: Ione Moreno

Alessandro Bolhosa foi alvejado com 10 tiros dentro da própria residência no bairro Novo Aleixo, Zona Leste da capital – foto: Ione Moreno

Noite Tranquila

Em uma das unidades hospitalares mais movimentadas da zona leste de Manaus, o hospital e pronto socorro Platão Araújo não registrou nenhuma ocorrência policial em torno de 24h.

Estrangulamento

Um corpo de um senhor identificado como Godofredo Barroso de Souza, 80, foi encontrado por volta das 21h em uma residência na rua Pistácio, no conjunto Alfredo Nascimento, bairro Novo Aleixo, zona Leste da cidade.

No Instituto Médico Legal a perícia identificou a causa da morte como sendo motivada por estrangulamento ou asfixia. O IML informou ainda que a morte aconteceu possivelmente na última quinta-feira (31).

A DEHS informou que a suspeita é que o Godofredo Barroso possa ter cometido suicídio, no entanto, informou que vai investigar o caso.

Por Henderson Martins

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir