Dia a dia

Em Parintins, operação prende bando por tráfico de drogas e formação e quadrilha

Suspeitos serão encaminhados à Unidade Prisional de Parintins – foto: Tadeu de Souza

Suspeitos serão encaminhados à Unidade Prisional de Parintins – foto: Tadeu de Souza

Parintins (AM) – Uma operação comandada pelo delegado Carlos Augusto Monteiro, diretor de Polícia do Interior, e Bruno Fraga, titular da 3ª Delegacia Interativa de Parintins (distante 369 quilômetros de Manaus) prendeu na manhã deste domingo (28) sete pessoas suspeitas de tráfico de drogas e formação de quadrilha.

“A operação foi um êxito e foi a continuidade da ‘Operação Triatox’m deflagrada há exatamente uma semana”, afirmou o delegado Carlo Augusto Monteiro.

Ele disse que a segunda parte da operação se destinou a cumprir 17 mandados de prisão preventiva, no entanto, a polícia só conseguiu cumprir sete.

O restante foi cumprido dentro da Unidade Prisional de Parintins, uma vez que os acusados já estavam presos.

A operação, segundo o delegado, contou com o apoio da Polícia Militar, delegado Bruno Fraga, e a equipe da Delegacia Fluvial que está em Parintins.

A surpresa da operação foi a prisão por associação ao tráfico de drogas dos sargentos PMs Aluísio Souza e L da Silva, que chegaram a participar de várias operações de combate ao tráfico de drogas em Parintins.

O primeiro militar chegou a coordenar o Pelotão Mirim (uma ferramenta importante na formação e orientação de crianças).

Além dos militares foram presos: Ângelo Carvalho de Oliveira, Elisiane de Souza Conceição, Silvia Araujo de Souza, Ana Selma Bittencourt Ribeiro e Edmilson Rego Batista.

Os dois militares estão presos nas dependências do Comando da Polícia Militar, que funciona atualmente na área do parque de Exposição Luís Lourenço de Souza.

O comando da PM ainda não se manifestou sobre a prisão dos mesmos.
Por Tadeu de Souza

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir