Dia a dia

Em Parintins, homens são presos com cinco quilos de drogas

Com a dupla a polícia aprendeu cinco quilos de entorpecentes, sendo dois quilos e meio de cocaína pura e dois e meio de skunk – super maconha - foto: Tadeu de Souza

Com a dupla a polícia aprendeu cinco quilos de entorpecentes, sendo dois quilos e meio de cocaína pura e dois e meio de skunk – super maconha – foto: Tadeu de Souza

Parintins (AM) – Isael Gama Rodrigues, 43, e Aguinelson Magalhães Picanço, 45, foram presos na manhã quarta-feira (24), durante uma operação conjunta das Polícias Civil e Militar prendeu, em Parintins (a 369 quilômetros de Manaus). Segundo o delegado do município, Bruno Fraga, esta foi uma das maiores apreensões de drogas em Parintins, este ano.

Com a dupla a polícia aprendeu cinco quilos de entorpecentes, sendo dois quilos e meio de cocaína pura e dois e meio de skunk – super maconha.

“Nós já vínhamos monitorando os dois e hoje bem cedo resolvemos aborda-los e conseguimos êxito porque eles estavam de posse dessa quantia significativa de droga”, afirmou o delegado.

Isael Gama Rodrigues, segundo informações do Serviço de Inteligência da Polícia Militar, é um traficante com ligações com uma das facções criminosas que controla o tráfico de drogas na capital do Estado.

Assalto

A Polícia já recuperou 18 dos 43 aparelhos de celulares que foram levados de uma loja de eletrônicos no Centro da cidade durante um assalto na noite de terça-feira, (23).

Poucas horas após o ocorrido, a polícia prendeu no bairro de Palmares, Zona Leste da cidade, Adenilson Prata de Oliveira, 25, e Marcos Lima de Souza, 24, que foram reconhecidos pelos proprietários da loja como os autores do assalto.

Na manhã de hoje, policiais civis apreenderam dois menores que estavam comercializando aparelhos de celulares. “Conseguimos recuperar até o presente momento cerca de 18 celulares, mas estamos trabalhando e acredito que vamos recuperar toda mercadoria que foi roubada”, disse o delegado.

Fraga afirmou ainda que outros menores podem estar envolvidos no assalto à loja de eletrônicos. “Ainda estamos investigando e nas próximas horas poderemos ter fatos novos”.

Por Tadeu de Souza

 

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir