Dia a dia

Em menos de 12h, PC registra três homicídios em Manaus; um deles envolve homem equatoriano

Os corpos das vítimas foram foram removidos para o Instituto Médico Legal (IML) - foto: arquivo EM TEMPO Online

Os corpos das vítimas foram foram removidos para o Instituto Médico Legal (IML) – foto: arquivo EM TEMPO Online

A Polícia Civil do Amazonas registrou ao menos três homicídios por arma branca e fogo, nas zonas Leste, Sul e Oeste de Manaus.

O estudante Lucas Silva de Nascimento, 19, foi morto com sete tiros, na noite dessa quinta-feira (1º), por volta das 19h, no momento em que assistia ao jogo da Seleção Brasileira contra o Equador. O crime ocorreu na rua 6, no bairro São José, Zona Leste.

De acordo com a polícia, a vítima estava em um bar quando dois homens não identificados se aproximaram do local e efetuaram os disparos. O jovem não resistiu e morreu na hora.

No bairro Educandos, Ricardo Lima da Silva, 19, foi assassinado na madrugada desta sexta-feira (2), na rua Muirakitan. A polícia informou que o rapaz estava em via pública, quando foi abordado por dois suspeitos armados que efetuaram os tiros na vítima.

Para a polícia, o crime foi um acerto de contas motivado pelo tráfico de drogas, uma vez que populares informaram que a vítima tinha envolvimento com a prática ilícita.

Também na madrugada de hoje, um homem que não teve o nome divulgado, foi morto a facadas, dentro da própria casa, localizada na avenida Rio Negro, bairro Santo Agostinho.

Conforme a polícia, o namorado da vítima identificado como Oscar Telmo Arévalo Orellana, que é natural de Quito, no Equador é o principal suspeito da morte.

Segundo informações, o casal estava mantendo relação sexual, quando houve um desentendimento entre eles. Durante a briga, a vítima pegou uma faca e tentando matar o companheiro, porém Oscar conseguiu desarmá-lo e desferiu um golpe no coração do homem que morreu no local.

Vizinhos ouviram gritos vindo da residência do casal e acionaram a polícia. Oscar também ficou ferido e foi levado para o Hospital Pronto-Socorro 28 de Agosto, após receber alta médica, ele será levado para a sede da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), onde serão tomadas as medidas cabíveis.

Os outros crimes seguem com autoria desconhecida e estão sendo investigado pela Especializada em Homicídios e Sequestros.

Por equipe EM TEMPO Online

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir