Dia a dia

Em Manaus, soldado do 1º BIS confessa ter estuprado irmã de 11 anos

Um soldado do 1º Batalhão de Infantaria na Selva (BIS), de 18 anos, confessou a polícia ter estuprado a irmã de 11 anos nesta quinta-feira (7). O rapaz se entregou as autoridades após a menina, revelar à pedagoga da escola estadual Cíntia Régis, bairro Nova Vitória, Zona Norte, que foi estuprada em casa pelo irmão.

Segundo a menina, o abuso ocorreu na noite da última quarta-feira (6), no loteamento Bairro Novo, Tancredo Neves, Zona Leste.

Na manhã de hoje, a menina apresentou comportamento alterado, foi amparada pela escola e encaminha ao Conselho Tutelar da Zona Leste, em seguida, à Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca).

Na delegacia a vítima relatou aos investigadores que também sofria abusos de um tio de 37 anos, usuário de drogas e que mora na casa da família. Conforme os relatos da garota os abusos ocorrem desde que ela tinha entre 8 e 9 anos.

“Ela não relatava os abusos por medo e porque todos da família ficavam muito felizes quando ele voltava do quartel. Ele não morava em casa e, supostamente, ajuda nas finanças”, disse um investigador da especializada.

O tio citado em depoimento será procurado para prestar esclarecimentos. A vítima foi encaminhada ao Instituto Médico Legal (IML) para fazer o exame de conjunção carnal. Após os procedimentos ela será abrigada no Serviço de Acolhimento Institucional para Crianças e Adolescentes (Saica), no Centro.

Por equipe EM TEMPO Online

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir