Sem categoria

Em Manaus, Marta Suplicy volta a defender cota de 30% para a mulher no Legislativo

Durante o lançamento da campanha ‘Reforma + Mulheres na política’, na Aleam, nesta segunda, a ex-petista reafirmou a necessidade de maior participação das brasileiras nos parlamentos – foto: divulgação

Durante o lançamento da campanha ‘Reforma + Mulheres na política’, na Aleam, nesta segunda, a ex-petista reafirmou a necessidade de maior participação das brasileiras nos parlamentos – foto: divulgação

Em visita a Manaus para participar do lançamento da campanha ‘Reforma + Mulheres na política’, a senadora Marta Suplicy (ex-PT e hoje sem partido) reafirmou, na manhã desta segunda (18), a importância da cota de 30% para as mulheres nos parlamentos brasileiros, no âmbito da Reforma Política que está sendo debatida no Congresso.

“Nossa ideia é conscientizar o Brasil, sobre a importância da mulher na política” afirmou a senadora, durante cerimônia realizada durante a manhã, no auditório Belarmino Lins, da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam).

A campanha é promovida pela Procuradoria da Mulher do Senado Federal, liderada pela senadora Vanessa Graziotin (PCdoB), e visa estimular o aumento da participação das mulheres na política do país, assegurando, desta maneira, maior igualdade entre homens e mulheres na sociedade.

Única mulher no parlamento estadual, a deputada estadual Alessandra Campêlo (PCdoB) destacou que hoje as mulheres representam mais da metade da população brasileira, porém, nos parlamentos, a mulher é minoria absoluta.

A deputada estadual do PCdoB firmou também considerar a falta de apoio dos partidos políticos às candidaturas femininas uma questão relevante no quadro político atual.

Já Vanessa Graziotin disse que é preciso mudar a cota de 30% para preenchimento das vagas nas chapas de candidatura, substituindo para cota de vagas nos parlamentos, e também garantir que 30% dos recursos dos fundos partidários sejam destinados às candidaturas femininas.

Igualdade de gênero

Conceição Sampaio endossou seu apoio ao movimento e disse que a reforma política é um passo importante para a sociedade e que a igualdade de gênero é imprescindível para uma democracia.

Para o presidente da Aleam, o deputado Josué Neto (PSD), o projeto é de grande importância para o Estado. “Há uma participação de uma forma geral de todos os segmentos e isso é extremamente importante para o Estado. As mulheres só querem seu espaço”, encerrou.

Após o lançamento da campanha, Marta Suplicy, Vanessa Grazziotin e Conceição Sampaio (PP), embarcou para Roraima, para participar do lançamento da cartilha da ‘Reforma + Mulheres na Política’.

Estiveram presentes ainda no evento, os deputados Adjuto Afonso (PP), Dermilson Chagas (PDT), José Ricardo (PT), vereadoras de vários municípios do interior do Amazonas, assim como deputadas federais, representantes da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e de sociedades civis organizadas.

Com informações de Mairkon Castro (EM TEMPO Online) e assessoria

 

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir