Política

Em Manaus, manifestação pró-impeachment acontecerá no dia 31 de julho

Em Manaus, o ato acorrerá a partir das 16h, no Complexo Turístico da Ponta Negra, Zona Oeste -foto: divulgação

Em Manaus, o ato acorrerá a partir das 16h, no Complexo Turístico da Ponta Negra, Zona Oeste -foto: divulgação

Movimentos realizam no próximo domingo (31), uma manifestação pró-impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff (PT). A ação acontece em mais de 175 cidades brasileiras e trará novas demandas. Em Manaus, o ato acorrerá a partir das 16h, no Complexo Turístico da Ponta Negra, Zona Oeste.

Segundo um dos coordenadores do movimento Direita do Amazonas, Renner Rodrigues,  na pauta nacional do ato estão pressionar o presidente interino, Michel Temer, a fazer um país mais livre, com temas como: fim do foro privilegiado; apoio total à Polícia Federal, Ministério Público Federal e Juiz Sérgio Moro; Privatização dos Correios e da Petrobras; Expulsão da Venezuela do Mercosul; Criação das CPIs da UNE e da Lei Rouanet; Aprovação do projeto Escola Sem Partido na Câmara e no Senado.

“Além de seguirmos a pauta nacional, também temos uma pauta regionalizada como o apoio às 10 medidas contra corrupção e vamos reivindicar a falta de asfaltamento e infraestrutura da BR 319”, comentou Renner.

Além da ‘Direita Amazonas’, a manifestação contará com a participação de vários movimentos como Brasil Livre, Revoltados Online, Amazonas Em Ação, Papo de Direita, Nas Ruas, Avança Brasil, Real Democracia Parlamentar, Olho Fatal e demais grupos civis organizados.

De acordo com um dos coordenadores nacionais do Movimento Brasil Livre (MBL), Kleber Romão, é preciso continuar com as mobilizações no país em prol da vitória do Impeachment da presidente afastada, Dilma Rousseff. “É necessário que mantenhamos a pressão sobre os senadores de todos os Estados. E por isso, novamente tomaremos as ruas de Manaus”, informou.

Outro ato

No Brasil, parte dos movimentos que defende o impedimento da presidente afastada adiou os protestos que que seriam realizados  no domingo (31) para o dia 21 de agosto. O objetivo é que os atos sejam feitos em data mais próxima à da votação no Senado, prevista pelos militantes para acontecer no fim do mês que vem.  O coordenador do movimento Direita do Amazonas informou que Manaus também participará deste ato,  o horário e o local ainda serão definidos.

Por Kattiúcia Silveira

 

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir